A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

11/07/2014 13:17

Apesar da ausência de Olarte, lei que equipara plantões é promulgada

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Vereadores promulgam lei que equipara plantões dos odontólogos aos médicos (Foto: Marcelo Calazans)Vereadores promulgam lei que equipara plantões dos odontólogos aos médicos (Foto: Marcelo Calazans)

O presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), promulgou hoje (11), em evento na Câmara Municipal, lei que equipara os valores de plantões e gratificações dos odontólogos aos médicos, em Campo Grande. O prefeito Gilmar Olarte (PP), que havia vetado a proposta, mas depois voltou atrás, tinha confirmado sua presença no local, no entanto em função de outras agendas, não compareceu.

A proposta, de autoria dos vereador Paulo Siufi (PMDB) e Mário César (PMDB), altera os incisos I e II do artigo 6° da lei 6.189. Ela havia sido vetada pelo prefeito no dia 8 de julho, sob a alegação que a iniciativa, que dispõe sobre servidores públicos, é prerrogativa do executivo e não do legislativo.

O vereador Paulo Siufi (PMDB) então entrou em contato com o prefeito, para convencê-lo a mudar de ideia, sendo feliz em sua missão, já que no dia 9 de julho, Olarte voltou atrás e tornou seu veto “sem efeito”, alegando que esta foi uma “determinação técnica e administrativa”. Como ele não compareceu ao evento na Câmara, o vereador Mário César promulgou a lei.

O presidente do CRO (Conselho Regional de Odontologia), Francisco Grilo, ressaltou que este direito conquistado representa recuperação na remuneração, já que tem impacto no salário e até na previdência social, já que o valor dos plantões entra neste cálculo. “São profissionais que geram resultado e conquistaram este direito”, destacou ele.

A presidente do Sindicato dos Cirurgiões Dentistas de Mato Grosso do Sul, Marta Brandão, ressaltou que esta mudança atinge 370 profissionais, e que a busca por estes direitos devem continuar. “A classe precisa estar fortalecida, esta lei dignifica a saúde no Estado, queremos os direitos dos trabalhadores realizados”.

Ela ainda adiantou que valores referentes ao pagamento de feriados, plantões e produtividade serão discutidos e negociados com o Executivo municipal.

A endodontista Lais Degani, que esteve na Câmara, afirmou que este reajuste valoriza o profissional que hoje trabalha em várias frentes de ação na prefeitura atendendo a população.

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions