A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

03/09/2013 14:06

Apesar de vereadora “implorar”, idosa espera 24h por vaga e fica sem exame

Lidiane Kober e Jéssica Benitez

Vítima de enfarte na noite de sábado (31), Ramona Alves dos Santos esperou 24 horas para conseguir vaga em hospital de Campo Grande e até, a manhã desta terça-feira (3), segue na fila de espera por exame de tomografia. Desesperada, a família dela procurou a vereadora Juliana Zorzo (PSC), que chegou a “implorar” por atendimento à idosa.

“No fim de semana, percorremos os postos de saúde da Capital, mas só 24 horas depois, a senhora Ramona Alves dos Santos conseguiu uma vaga”, relatou a vereadora, na tribuna da Câmara Municipal. Segundo ela, a via sacra por internação começou no posto do Aero Rancho.

“Falaram que não tinha vaga lá e nos mandaram para o posto do Bairro Coronel Antonino, que informou a necessidade de a senhora ser internada em CTI (Centro de Tratamento Intensivo)”, relatou. “Apesar da gravidade, e senhora só conseguiu uma vaga 24 depois no HR (Hospital Regional)”, emendou.

Ainda de acordo com Juliana, Ramona aguarda, desde domingo (1), por exame de tomografia. “Tem o aparelho e não tem médico”, disse a vereadora. “Não vim aqui culpar a prefeitura, nem o governo, vim aqui dizer que o caos na saúde existe, fiquei com vergonha do nosso sistema de saúde. Precisamos de um hospital municipal”, completou a vereadora.

Líder do prefeito na Câmara, o vereador Alex do PT, afirmou, em aparte, que o problema na saúde não é a falta de recursos, mas de gestão. “Nos últimos três anos, o HU (Hospital Universitário) recebeu R$ 60 milhões. Aí, você chega no setor administrativo do hospital e tem um tapete azul mais grosso que o do Senado, puro luxo. Então, o problema não é verba, é gestão”, avaliou.

Presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara, o vereador Paulo Siufi (PMDB), prometeu investigação “rigorosa nos hospitais” e frisou que o problema de falta de vagas é “recorrente” na Capital. “Realmente deve haver investigação”, comentou. Ele ainda reforçou a necessidade da construção do Hospital Municipal.



Esse prolema na Saúde não começou esse ano e os ex-gestores querem culpar o Prefeito Bernal? De forma nenhuma a culpa é dele, os prefeitos anteriores é que transformaram os hospitais em sucursais do inferno.
 
João Dias em 04/09/2013 21:53:44
É lamentável ver uma situação como esta: vereador (a) intercedendo pessoalmente para conseguir uma vaga na rede pública de saúde. Até onde será que vai a calamidade e a falta de estrutura do nosso setor de saúde? Até quando vai continuar esse desrespeito à população? Vereador é sim um representante do povo, mas, ao invés de ficar percorrendo hospitais e postos de saúde para conseguir uma vaga, deveria ter pulso firme, voz ativa e "poder" - de verdade - para realmente mudar esse quadro, fazer os recursos públicos serem destinados para onde devem ir e melhorar a saúde, a edução, o transporte público e toda infraestrutura da cidade.
 
Marco Brito em 04/09/2013 09:15:37
Já vimos em varias situações que medico não sabe, e não combina com gestão.e quando vão para politica é um desastre porque arrebanhas outros colegas.
Logica da Coisa:
Não votem em médico para prefeito para vereador,deputado para nada!! depois que ele exerce um cargo politico ele nunca mais exerce a função de medico, e ainda arrebanha outros médicos! ficam ricos e não trabalham mais - e a população fica cada vez com menos médicos!
Não votem em Médicos!
 
Ademir Gregorio em 04/09/2013 08:44:40
Muito bem a colocação do colega Zenóbio! Durante 8 anos Andre x Dobashi 8 anos Nelsinho x Mandetta + Siuf só má gestão, e Paulo Siuf Presidente da CPI da saúde. de fachada! será que ele vai mostrar mesmo as falcatruas dos parentes e amigos... O presidente de uma CPI deve ser sempre da oposição. Se os Siuf e Dorsa (primo do Pres. da Câmara), ameaçara até a TV morena, falou com o governador, e desembargador, tem todos esses povo a seu favor como aliado.. vc acredita.....ele ta lá para abafá o caso...
 
Cassio Pereira em 04/09/2013 08:34:11
Bom, a alguns dias uma cidadã precisava de uma carteira do SUS para o filho; como não conseguiu por vias tradicionais foi falar com o prefeito e chorou se lamentado. Ele chamou o servidor de cupincha da adm passada. Bom, logo depois ela estava com a carteira na mão. Então o negócio é ir na prefeitura e chorar, daí vc consegue tudo. Mas tem que ser com o prefeito, pois vereador não tem peso nesse caso.
 
valter castilho em 03/09/2013 23:54:11
Quem não se lembra que tivemos três médicos no comando politico da saúde em nossa capital cito : Puccinelli (governo) ,Nelson Trad (prefeitura) e Paulo Siuf (presidente da Câmera) , pergunto o que estas figuras fizeram pela saúde da capital ????? E com que moral eles podem dizer alguma coisa...
 
zenobio veiga da silva em 03/09/2013 21:08:46
E pra variar o presidente da comissão de saúde é o PAULO SIUFI......que ia trabalhar uma vez por mes e olhe lá....estamos perdidos!
 
JESSICA OLIVEIRA em 03/09/2013 18:57:48
Se quer aparecer, faça um projeto de lei para mudar essa situação.
 
Marta Guimarães em 03/09/2013 18:03:05
A saúde ta assim ja mais de anos e continua pior cada dia q passa qdo tem aparelho não tem médicos , quando tem medico aparelho ta quebrado ta vergonha nossa capital ,,,, sempre disse que adianta obra de aquario obras parqes obras milionarias se populacao nao tem o principal que Saude ,,, isso nao to dizendo saude publica somente os conveniados ta horror tambem , espera de mais de 2 3 horaas ta dificil quem tem filho sabe que é voce chegar hospital com crianca passando mal e demorar muito o atendimento. vamos mecher doce ai sra prefeito junto com secretario de Saude.
 
Rosilene leonel em 03/09/2013 17:35:55
Já que a senhora e tão preocupada com a saúde da população, cara vereadora Juliana Zorzo, que tal uma lei que envie para a saúde a verba que seria destinada para o aumento, ILEGAL, dos salários dos vereadores?
 
Marco Aurélio em 03/09/2013 15:01:57
Alguém já olhou as estatísticas de infartos, derrames e insuficiência que necessitem de internação que aconteçam diariamente em Campo Grande?
Já tem noção que as internações estão sendo tiradas da Santa Casa e HR e indo pra algumas enfermarias de UPAs e que as vagas faltam em peso?
Uma idosa ter por trás um 'apelo de vereador' em nada muda a situação dela ou da fila de espera pra internação. Vereador fazer apelo ou 'compadecer' da dor e da necessidade da pessoa não muda que existem muitas outras que também precisam de atendimento como ela e que isso não faz dela privilegiada ou merecedora.
As vezes é exagerada a atenção que se dá a determinados casos ao invés do olhar completo sobre o problema. E se todos os pacientes pedirem ajuda a vereadores? Por favor!
 
Eder Lima em 03/09/2013 15:00:13
Que vengam los médicos cubanos!
 
Gabriel de Angelis em 03/09/2013 14:53:46
Quem é responsável pelos postos de saúde? A prefeitura deve ser processada pelo descaso e o prefeito responder por crime(ele é quem contrata os médicos e comprar os equipamentos).
 
Alexandre de Souza em 03/09/2013 14:24:53
Depois uma pessoa da familia perde o controle de seus atos,e começa a quebrar tudo acham que devem chamar a policia e ainda levam o cidadão preso,que vergonha está o atendimento a saúde,as vezes tenho vergonha de ser Brasileiro,indignação é pouco.
 
Lucas da Silva em 03/09/2013 14:22:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions