A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/09/2013 14:06

Apesar de vereadora “implorar”, idosa espera 24h por vaga e fica sem exame

Lidiane Kober e Jéssica Benitez

Vítima de enfarte na noite de sábado (31), Ramona Alves dos Santos esperou 24 horas para conseguir vaga em hospital de Campo Grande e até, a manhã desta terça-feira (3), segue na fila de espera por exame de tomografia. Desesperada, a família dela procurou a vereadora Juliana Zorzo (PSC), que chegou a “implorar” por atendimento à idosa.

“No fim de semana, percorremos os postos de saúde da Capital, mas só 24 horas depois, a senhora Ramona Alves dos Santos conseguiu uma vaga”, relatou a vereadora, na tribuna da Câmara Municipal. Segundo ela, a via sacra por internação começou no posto do Aero Rancho.

“Falaram que não tinha vaga lá e nos mandaram para o posto do Bairro Coronel Antonino, que informou a necessidade de a senhora ser internada em CTI (Centro de Tratamento Intensivo)”, relatou. “Apesar da gravidade, e senhora só conseguiu uma vaga 24 depois no HR (Hospital Regional)”, emendou.

Ainda de acordo com Juliana, Ramona aguarda, desde domingo (1), por exame de tomografia. “Tem o aparelho e não tem médico”, disse a vereadora. “Não vim aqui culpar a prefeitura, nem o governo, vim aqui dizer que o caos na saúde existe, fiquei com vergonha do nosso sistema de saúde. Precisamos de um hospital municipal”, completou a vereadora.

Líder do prefeito na Câmara, o vereador Alex do PT, afirmou, em aparte, que o problema na saúde não é a falta de recursos, mas de gestão. “Nos últimos três anos, o HU (Hospital Universitário) recebeu R$ 60 milhões. Aí, você chega no setor administrativo do hospital e tem um tapete azul mais grosso que o do Senado, puro luxo. Então, o problema não é verba, é gestão”, avaliou.

Presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara, o vereador Paulo Siufi (PMDB), prometeu investigação “rigorosa nos hospitais” e frisou que o problema de falta de vagas é “recorrente” na Capital. “Realmente deve haver investigação”, comentou. Ele ainda reforçou a necessidade da construção do Hospital Municipal.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


Esse prolema na Saúde não começou esse ano e os ex-gestores querem culpar o Prefeito Bernal? De forma nenhuma a culpa é dele, os prefeitos anteriores é que transformaram os hospitais em sucursais do inferno.
 
João Dias em 04/09/2013 21:53:44
É lamentável ver uma situação como esta: vereador (a) intercedendo pessoalmente para conseguir uma vaga na rede pública de saúde. Até onde será que vai a calamidade e a falta de estrutura do nosso setor de saúde? Até quando vai continuar esse desrespeito à população? Vereador é sim um representante do povo, mas, ao invés de ficar percorrendo hospitais e postos de saúde para conseguir uma vaga, deveria ter pulso firme, voz ativa e "poder" - de verdade - para realmente mudar esse quadro, fazer os recursos públicos serem destinados para onde devem ir e melhorar a saúde, a edução, o transporte público e toda infraestrutura da cidade.
 
Marco Brito em 04/09/2013 09:15:37
Já vimos em varias situações que medico não sabe, e não combina com gestão.e quando vão para politica é um desastre porque arrebanhas outros colegas.
Logica da Coisa:
Não votem em médico para prefeito para vereador,deputado para nada!! depois que ele exerce um cargo politico ele nunca mais exerce a função de medico, e ainda arrebanha outros médicos! ficam ricos e não trabalham mais - e a população fica cada vez com menos médicos!
Não votem em Médicos!
 
Ademir Gregorio em 04/09/2013 08:44:40
Muito bem a colocação do colega Zenóbio! Durante 8 anos Andre x Dobashi 8 anos Nelsinho x Mandetta + Siuf só má gestão, e Paulo Siuf Presidente da CPI da saúde. de fachada! será que ele vai mostrar mesmo as falcatruas dos parentes e amigos... O presidente de uma CPI deve ser sempre da oposição. Se os Siuf e Dorsa (primo do Pres. da Câmara), ameaçara até a TV morena, falou com o governador, e desembargador, tem todos esses povo a seu favor como aliado.. vc acredita.....ele ta lá para abafá o caso...
 
Cassio Pereira em 04/09/2013 08:34:11
Bom, a alguns dias uma cidadã precisava de uma carteira do SUS para o filho; como não conseguiu por vias tradicionais foi falar com o prefeito e chorou se lamentado. Ele chamou o servidor de cupincha da adm passada. Bom, logo depois ela estava com a carteira na mão. Então o negócio é ir na prefeitura e chorar, daí vc consegue tudo. Mas tem que ser com o prefeito, pois vereador não tem peso nesse caso.
 
valter castilho em 03/09/2013 23:54:11
Quem não se lembra que tivemos três médicos no comando politico da saúde em nossa capital cito : Puccinelli (governo) ,Nelson Trad (prefeitura) e Paulo Siuf (presidente da Câmera) , pergunto o que estas figuras fizeram pela saúde da capital ????? E com que moral eles podem dizer alguma coisa...
 
zenobio veiga da silva em 03/09/2013 21:08:46
E pra variar o presidente da comissão de saúde é o PAULO SIUFI......que ia trabalhar uma vez por mes e olhe lá....estamos perdidos!
 
JESSICA OLIVEIRA em 03/09/2013 18:57:48
Se quer aparecer, faça um projeto de lei para mudar essa situação.
 
Marta Guimarães em 03/09/2013 18:03:05
A saúde ta assim ja mais de anos e continua pior cada dia q passa qdo tem aparelho não tem médicos , quando tem medico aparelho ta quebrado ta vergonha nossa capital ,,,, sempre disse que adianta obra de aquario obras parqes obras milionarias se populacao nao tem o principal que Saude ,,, isso nao to dizendo saude publica somente os conveniados ta horror tambem , espera de mais de 2 3 horaas ta dificil quem tem filho sabe que é voce chegar hospital com crianca passando mal e demorar muito o atendimento. vamos mecher doce ai sra prefeito junto com secretario de Saude.
 
Rosilene leonel em 03/09/2013 17:35:55
Já que a senhora e tão preocupada com a saúde da população, cara vereadora Juliana Zorzo, que tal uma lei que envie para a saúde a verba que seria destinada para o aumento, ILEGAL, dos salários dos vereadores?
 
Marco Aurélio em 03/09/2013 15:01:57
Alguém já olhou as estatísticas de infartos, derrames e insuficiência que necessitem de internação que aconteçam diariamente em Campo Grande?
Já tem noção que as internações estão sendo tiradas da Santa Casa e HR e indo pra algumas enfermarias de UPAs e que as vagas faltam em peso?
Uma idosa ter por trás um 'apelo de vereador' em nada muda a situação dela ou da fila de espera pra internação. Vereador fazer apelo ou 'compadecer' da dor e da necessidade da pessoa não muda que existem muitas outras que também precisam de atendimento como ela e que isso não faz dela privilegiada ou merecedora.
As vezes é exagerada a atenção que se dá a determinados casos ao invés do olhar completo sobre o problema. E se todos os pacientes pedirem ajuda a vereadores? Por favor!
 
Eder Lima em 03/09/2013 15:00:13
Que vengam los médicos cubanos!
 
Gabriel de Angelis em 03/09/2013 14:53:46
Quem é responsável pelos postos de saúde? A prefeitura deve ser processada pelo descaso e o prefeito responder por crime(ele é quem contrata os médicos e comprar os equipamentos).
 
Alexandre de Souza em 03/09/2013 14:24:53
Depois uma pessoa da familia perde o controle de seus atos,e começa a quebrar tudo acham que devem chamar a policia e ainda levam o cidadão preso,que vergonha está o atendimento a saúde,as vezes tenho vergonha de ser Brasileiro,indignação é pouco.
 
Lucas da Silva em 03/09/2013 14:22:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions