A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

01/09/2009 18:00

Após 29 anos, Mariano sai do PT e conversa com o PCdoB

Redação

Ex-presidente regional do PT, Mariano Cabreira se desfiliou do partido que ajudou a fundar. A decisão de Mariano acontece após ele ter sido punido pelo PT, com a perda dos direitos políticos dentro do partido por dois anos.

Mariano disse que decidiu sair do PT porque não quer ficar fora do processo político de 2010. Ele estava no partido há 29 anos. "O PT não precisa mais de mim", afirmou.

O ex-presidente recebeu convites de alguns pequenos partidos, mas se seduziu por apenas um deles, o do PCdoB. "Eu ainda não decidi e nem mesmo conversei com a minha família. Agora, se eu me filiar a algum partido vai ser ao PCdoB", afirmou.

Mariano diz que o convite para ingressar ao PCdoB vem acompanhado de um projeto em que ele sairia candidato às eleições de 2010. Ele só não revela a que cargo.

O PCdoB também conversa com outro ex-petista: Semy Ferraz, que foi deputado estadual e candidato derrotado à prefeitura de Paranaíba. Semy tem interesse em concorrer ao cargo de governador.

Mesmo dizendo que deixa o partido sem mágoa, Mariano Cabreira afirma que foi condenado a toque de caixa e sem direito à defesa.

O ex-presidente do PT havia sido punido por infidelidade partidária, após ter feito campanha eleitoral para o vereador Clemêncio Ribeiro (PMDB), que foi reeleito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions