A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/02/2013 20:36

Após crítica de Mandetta, Moka diz ser coerente ao recusar salário extra

Nyelder Rodrigues
Senador Moka (foto) e deputado federal Fábio Trad abriram mão do 14º e 15º salários (Foto: João Garrigó/Arquivo)Senador Moka (foto) e deputado federal Fábio Trad abriram mão do 14º e 15º salários (Foto: João Garrigó/Arquivo)

“O que o deputado Mandetta considera demagogia, eu chamo de coerência”. Foi assim que o senador Waldemir Moka (PMDB), respondeu as críticas do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), que acredita que o senador foi demagogo ao abri mão do 14º e 15º salários.

A resposta de Moka foi dada através da assessoria de imprensa, logo após matéria publicada no Campo Grande News em que Mandetta também critica o deputado federal Fábio Trad (PMDB), que é seu primo, além de achar que o debate sobre as altas remunerações devem não fica restritas ao legislativo, mas também ao executivo e judiciário.

Moka explica que quando recusou o 14º salário em dezembro, também avisou à Diretoria Geral do Senado que abriria mão do 15º, que é recebido no início de fevereiro, tanto por senadores, como por deputados.

“Fui relator na Mesa do Senado do projeto de decreto legislativo. No meu relatório, pedi a extinção do benefício. Não seria correto que eu aceitasse recebê-lo”, conta Moka, por meio da assessoria.

Além disso, Moka lembrou que foi um dos poucos senadores que pagaram do próprio bolso o Imposto de Renda incidente sobre a ajuda de custo que a Receita Federal cobrava do Senado.

O valor dos 14º e 15º salários abdicados por Trad e Moka chega a R$ 53 mil. Para Mandetta, há hipocrisia na abordagem ao tema, e que a imprensa foca muito no legislativo e deixa de lado os outros poderes, em todos os níveis.



Espero que o nobre Deputado Mandeta, que até agora não mostrou serviço, coloque em pauta algum projeto referente aos abusuivos salários que ele citou porque já passou da hora de moralizar.
 
everton de souza em 04/02/2013 22:19:20
O Sr. Moka esta certissímo! Devemos também elogiar o Sr. Fábio Trad. Se a atitude de honestidade e respeito para com o povo eo Brasil, destes dois funcionários do povo deveria ser exemplo a ser seguido pelos demais. Se o povo sofre mais, trabalha mais, tem mais dificuldades e menos retorno ganha somente até 13º não nem de se imaginar o porque de políticos ganharem 14º e nem por "DEUS" o 15º salário. Estes dois estão de parabéns e merece o meu respeito, assim como de minha família e conhecidos!
 
Alexandre de Souza em 04/02/2013 21:32:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions