ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Após denúncias, Procon-MS autua seis agências bancárias de Campo Grande

Entre as reclamações está tempo de fila, informações e acesso a serviços nas agências

Por Leonardo Rocha | 26/09/2020 10:06
Fiscalização realizada pelo Procon-MS em banco da Capital (Foto: Divulgação - Procon)
Fiscalização realizada pelo Procon-MS em banco da Capital (Foto: Divulgação - Procon)

Após receber denúncias de consumidores sobre tempo de espera em fila e falta de informações, o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) autuou seis agências bancárias, em Campo Grande.

Nesta fiscalização foram verificadas 12 agências bancárias, entre os dias 15 e 23 de setembro, sendo que em metade tinham irregularidades. Entre elas aparecem  três agências do Bradesco, duas do Santander e uma da Caixa Econômica Federal.

Entre as principais reclamações está o tempo de espera para atendimento, o fato de terem que ficar do lado de fora e não receberem senhas na hora da chegada. Segundo o Procon, a maioria das agências não expõe o horário de expediente, que mudou em função da pandemia do coronavírus.

Outra questão citada é a dificuldade para “liberar” os clientes para os caixas, para realizarem a função de “descontar cheques”. Uma das agências ainda alegou aos fiscais que este serviço específico não é essencial.

O Procon ainda identificou que algumas agências não estavam garantindo o distanciamento entre os clientes nas filas e que também faltou “álcool em gel” em vários locais, o que segundo a entidade, se trata de uma “desobediência” as normas de saúde pública, durante a pandemia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário