A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

27/01/2017 15:17

Após polêmica com namorado, vereadora opta pelo silêncio e procura presidência

Nesta sexta-feira (27), Dharleng Campos (PP) pediu orientações ao vereador João Rocha (PSDB) e resolveu não se pronunciar

Alberto Dias
Vereadora tem evitado aparecer na Câmara Municipal após o ocorrido. (Foto: Reprodução/Feacebook) Vereadora tem evitado aparecer na Câmara Municipal após o ocorrido. (Foto: Reprodução/Feacebook)

Após repercussão causada por ter empregado o namorado em seu gabinete, na Câmara Municipal, a vereadora Dharleng Campos de Oliveira (PP) resolveu silenciar e não falará sobre o assunto, pelo menos por enquanto. "Ela não está com cabeça e não vai conseguir falar nesse momento", informou seu assessor de imprensa.

Nesta sexta-feira (27), a progressista procurou o presidente da casa de leis, vereador João Rocha (PSDB), para debater o assunto e pedir orientações. Conforme a assessoria do tucano, Rocha informou à Dharleng que não existe impedimento legal que a impeça de contratar o namorado, ou seja, Anderson Regis Guimarães pode atuar no gabinete da vereadora, sem impedimentos regimentares.

"Se houvesse impedimento legal, a nomeação não teria sido aprovada, nem publicada", explicou João Rocha, por meio da assessoria, acrescentando que "namoro é questão de foro pessoal".


No gabinete da parlamentar, os funcionários estão proibidos de tocar no assunto. "Só falaremos de trabalho e projetos", complementou seu assessor. "Na próxima semana ela (Dharleng) vai se pronunciar sobre a exoneração ou não". 
Sobre a agenda de ontem, que teria impedido o pronunciamento da parlamentar, ele explicou que a progressista estaria em reuniões na Vila Nhanhá.

Entenda - Apenas 10 dias após ser empossada, a vereadora empregou o namorado, Anderson Regis Guimarães, na Câmara Municipal, para atuar em seu gabinete. No Diário Oficial de 10 de janeiro, a presidência da casa de leis assina a nomeação para a vaga assessor parlamentar III, cuja tabela salarial corresponde a R$ 2.032,22, porém, pode chegar a R$ 6.096,66 com gratificações autorizadas pela casa em até 200%, conforme a Resolução n. 937, de 27 de abril de 1995.

O namorado de Dharleng, já era comissionado do ex-prefeito Alcides Bernal (PP). Na prefeitura, a informação é que Anderson é advogado e teria começado a se relacionar com Dharleng em 2013. No ano anterior, a atual vereadora já era conhecida, por ter sido "garota propaganda" do então candidato Bernal, em seus programas eleitorais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions