A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/06/2011 10:33

Após tentativa de manobra, Câmara abre sessão que pode cassar prefeito

Aline dos Santos
Prefeito de Cassilândia é alvo de cassação. (Foto: Divulgação) Prefeito de Cassilândia é alvo de cassação. (Foto: Divulgação)

Após uma malsucedida manobra para suspender a sessão, foi aberto na Câmara Municipal de Cassilândia o julgamento que pode resultar na cassação do prefeito Carlos Augusto da Silva (DEM).

Na abertura da sessão, às 8h30 desta quarta-feira, o vereador Admilso Cesário dos Santos “Fião” (DEM), líder do prefeito, pediu suspensão para ter acesso ao processo. O pedido foi indeferido pelo presidente da Casa de Leis, vereador Valdecy Pereira Costa (PMDB). A sessão terá leitura do processo, defesa do prefeito, manifestação dos vereadores e votação.

Carlos Augusto foi acusado de ter cometido uma infração político-administrativo ao ter contratado uma advogada para elaborar o PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários), sem licitação.

Uma comissão processante investigou se o prefeito cometeu infração entre os anos de 2009 e 2010, com relação ao pagamento da advogada Nadir Gaudioso.

Segundo a denúncia, Nadir recebeu R$ 13.779 pelos serviços, acima do limite de dispensa de licitação, de R$ 8 mil.

A Comissão Processante entendeu que o prefeito cometeu uma improbidade administrativa. Carlos Augusto, que não tem a maioria na Câmara, não compareceu ao início do julgamento.

Pivô do processo, Nadir Gaudioso, atual procuradora do município, informou que se manifestará ao fim do julgamento. “Com relação a essa situação, eu me procuro a abster de falar qualquer coisa antes que se inicie a sessão, eu prefiro falar após a sessão”. (Com informações do Cassilândia News).

Câmara Municipal poderá cassar prefeito de Cassilândia amanhã
A Câmara Municipal de Cassilândia julgará nesta quarta-feira a cassação do prefeito Carlos Augusto, acusado de ter cometido uma infração político-adm...
Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions