ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 23º

Política

Após traição, Cazuza quer processo por infidelidade contra Chocolate

Por Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus | 15/10/2013 13:29
Zeca do PT conversa com vereador durante votação (Foto: Cleber Gellio)
Zeca do PT conversa com vereador durante votação (Foto: Cleber Gellio)

O vereador Cazuza, presidente municipal do PP, defendeu a abertura de processo por infidelidade partidária contra Chocolate (PP). O parlamentar contrariou a posição do partido, que é o mesmo do prefeito, e votou pela abertura da Comissão Processante.

Conforme Cazuza, os progressistas se reuniram e fecharam posição do partido contra a investigação de Bernal. Na ocasião, Chocolate, segundo o vereador e radialista, apertou a mão do prefeito e se comprometeu a defende-lo na Câmara Municipal.

Agora, o PP deve encaminhar a abertura de processo ética contra Chocolate, que passa a correr o risco de ser expulso da legenda e perder o mandato. O assunto será discutido com o presidente regional do PP, que é o prefeito Alcides Bernal.

Cazuza considerou positivo, apesar de tudo, a votação desta terça-feira (15), onde o prefeito perdeu por 21 votos a 8. “Dá para saber quem apoia ou não”, afirmou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário