A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

15/05/2018 13:06

Aprovado projeto que obriga locais públicos a dispor de desfibrilador

Aparelho pode salvar vidas de pacientes cardíacos em locais de intenso fluxo de pessoas

Leonardo Rocha
Deputados aprovaram projeto durante sessão desta terça-feira (Foto: Luciana Nassar/ALMS)Deputados aprovaram projeto durante sessão desta terça-feira (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

Os deputados aprovaram, em segunda votação, o projeto que obriga a colocação de um aparelho "desfibrilador cardíaco", em locais públicos como shopping centers, estádios, ginásios esportivos, aeroportos, ferroviárias, universidades e academias. A proposta segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A intenção da proposta de Felipe Orro (PSDB) é que este aparelho possam “salvar vidas” em casos de emergência, e que haja pessoas preparadas nestes locais que saibam utilizá-lo, inclusive uma equipe que tenha o devido treinamento até para realizar procedimentos de ressuscitação cardiorrespiratória.

Os colegas chegaram a dizer na primeira votação, realizada em outubro do ano passado, que iriam analisar melhor a proposta, para saber se era viável na prática, no entanto na sessão de hoje (15) não houve divergências e a matéria foi aprovada de forma unânime.

O autor alega que este socorro imediato é recomendado pelos cardiologistas. “O ideal é que o paciente infartado ou com arritmia cardíaca tenha o necessário e adequado socorro médico nos primeiros cinco minutos, o que seria possível com o desfibrilador cardíaco externo”.

Paulo Siufi (MDB) disse que a matéria teve o aval de várias categorias. “Seu projeto foi amplamente debatido com os médicos e a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Chegaram à conclusão que os socorristas têm sim a capacidade de salvar vidas”, disse o parlamentar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions