ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Política

Assembleia declara luto e presta homenagem a ex-deputado Roberto Orro

Deputados fizeram questão de citar o legado deixado pelo ex-deputado para política estadual

Por Leonardo Rocha | 24/11/2020 10:46
Ex-deputado Roberto Orro, durante homenagem que recebeu na Assembleia no ano passado (Foto: Divulgação - ALMS)
Ex-deputado Roberto Orro, durante homenagem que recebeu na Assembleia no ano passado (Foto: Divulgação - ALMS)

A Assembleia Legislativa declarou luto oficial em função da morte do ex-deputado estadual, Roberto Orro, que faleceu ontem (23) à noite, em Campo Grande, aos 83 anos. Ele é pai do atual deputado Felipe Orro (PSDB). Os parlamentares prestaram homenagem e lembraram do seu legado na política estadual.

O presidente da Assembleia, o deputado Paulo Corrêa (PSDB), lamentou a morte, lembrando que Roberto Orro foi um “homem a frente do seu tempo”, sendo um parlamentar que lutou pelos direitos da população sul-mato-grossense, com luta em defesa do meio ambiente e Pantanal.

“Sua paixão pelo debate de ideias e pela democracia e seu incessante trabalho por sua região e seu Estado ficarão marcados eternamente na memória de todos”, descreveu Corrêa. A última homenagem inclusive feita ao ex-deputado na Assembleia foi em junho do ano passado, na solenidade sobre os 40 anos da Assembleia.

A maioria dos deputados que usou a palavra, ao longo da sessão, citou a importância do ex-parlamentar para a história da Casa de Leis e a política do Estado, além de mensagens de conforto à família, em especial ao deputado estadual, Felipe Orro.

História – Roberto Orro teve quatro mandatos como deputado estadual da Assembleia, inclusive sendo presidente da Casa de Leis de fevereiro de 1995 a janeiro de 1997. Na sua gestão fez a integração do Parlamento à internet, para que a população tivesse mais acesso ao trabalho dos deputados.

Também foi eleito suplente de senador em 1986 e assumiu a Secretaria Estadual de Justiça. Sempre foi um defensor dos diretos humanos e a favor da anistia e redemocratização do Brasil na década de 80.

Formado em Direito pela Faculdade de Ciências Jurídicas do Rio de Janeiro, Roberto Orro também foi um dos fundadores do MDB, elegeu-se o vereador mais votado por Aquidauana em 1976 e, em 1978 foi eleito deputado estadual, fazendo parte da Constituinte do novo Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário