ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  19    CAMPO GRANDE 25º

Política

Assembleia espera concluir concurso público no início de 2017

Falta apenas avaliar os selecionados para as vagas especiais

Por Leonardo Rocha | 26/12/2016 12:20
Junior Mochi espera começar nomeações no começo de 2017 (Foto: Assessoria/ALMS)
Junior Mochi espera começar nomeações no começo de 2017 (Foto: Assessoria/ALMS)

A Assembleia Legislativa espera concluir seu primeiro concurso público, no início de 2017, logo depois de voltar do recesso parlamentar, em fevereiro. Resta apenas criar a comissão que vai avaliar os candidatos selecionados para as vagas especiais, reservadas às pessoas com deficiência, assim como as cotas para negros e indígenas.

O legislativo já divulgou o resultado final para os cargos de ensino médio e superior, restando apenas esta última fase de avaliações. No caso das pessoas com deficiência, será feito uma análise de junta médica da Assembleia, que irá verificar a condição de saúde da pessoa, assim como devem ser apresentados documentos e laudos (médicos), previstos no edital.

Já para as vagas de cotas para negros e indígenas, os candidatos serão convocados para uma entrevista, sendo que para o segundo (índios) haverá a análise o documento de identidade, com o registro da etnia indígena, expedido pela Funai (Fundação Nacional do Índio). A expectativa é que depois desta fase, o concurso seja homologado.

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), já adiantou que espera começar a nomear os novos servidores do legislativo, logo no início do ano que vem. O concurso abriu 80 vagas, para cargos técnicos de nível médio e superior em diferentes áreas, como recursos humanos, arquiteto, assistente jurídico, contador, economista, engenheiro civil, jornalista e médico.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário