A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

11/05/2018 12:40

Assembleia terá audiência sobre abuso sexual de crianças e adolescentes

Evento faz parte das atividades da campanha "Maio Laranja"

Leonardo Rocha
Evento vai ocorrer no plenário da Assembleia (Foto: Luciana Nassar/ALMS)Evento vai ocorrer no plenário da Assembleia (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

A Assembleia Legislativa vai promover na semana que vem, uma audiência pública sobre o combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes. O evento está incluído entre as atividades da campanha “Maio Laranja”, que visa promover ações para incentivar as denúncias e punições para quem comete estes crimes.

A audiência será no dia 18, a partir das 8h, no plenário da Assembleia, tendo a participação de especialistas sobre o setor, autoridades e representantes de entidade que tratam deste tema. O evento foi proposto pelo deputado Herculano Borges (SD), que inclusive é o autor da lei estadual que criou a campanha.

“O combate a esses crimes sexuais virou bandeira. Fomos conversar nas escolas e é impressionante ver que as crianças não sabem nem se expressar, justamente por isso temos que fazer inúmeras campanhas de conscientização”, disse Herculano.

De acordo com os dados da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, já foram registrados 586 crimes contra a dignidade sexual, apenas neste ano. Segundo o deputado Rinaldo Modesto (PSDB) se tratam de números alarmantes, que precisam ser revertidos.

“Fiquei sabendo de mais um caso de violência sexual e quando é contra criança é ainda mais revoltante. Pai que fala que precisou trocar filho por alimento é na verdade um sem vergonha que não tem coragem de por a cara no sol e trabalhar. O Estado está em primeiro lugar em números de estupros e isso é muito triste”, ponderou o tucano.

A Campanha Maio Laranja emitiu uma cartilha sobre o tema, destacando que a culpa nunca é da vítima. Ainda divulgou o disque denúncia é gratuito pelo número 100. Em Campo Grande, a DPCA atende pelo telefone: (67) 3323-2500/2510, para que as pessoas possam denunciar os casos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions