A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

16/06/2018 16:24

Audiência vai discutir o combate a violência contra o idoso em MS

Evento vai ocorrer no auditório da sede da OAB-MS, na próxima terça-feira (19), a partir das 13h

Leonardo Rocha
Audiência vai ocorrer após discussão do tema na Frente Parlamentar do Idoso (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Audiência vai ocorrer após discussão do tema na Frente Parlamentar do Idoso (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

A Assembleia Legislativa vai realizar na semana que vem, uma audiência pública para discutir o combate a violência contra o idoso em Mato Grosso do Sul. A intenção é trazer entidades e pessoas que trabalham neste setor, representantes dos órgãos de segurança para debater que formas o poder público pode enfrentar esta situação.

O evento proposto pelo deputado Renato Câmara (MDB), vai ocorrer na próxima terça-feira (19), a partir das 13h, no auditório da sede da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil de MS). O debate deve produzir informações e dados que serão importantes para propor soluções e políticas para reduzir este tipo de violência no Estado.

O tema começou a ser debatido na Frente Parlamentar de Defesa do Idoso, e depois de projeto apresentado na Assembleia, deu origem a lei estadual que vai incluir no calendário, a campanha “Junho Violeta/Prata”, que vai discutir durante mês justamente a violência contra o idoso. Haverá palestras, debates, grupos de trabalho e ações de conscientização na sociedade.

“O mês de junho representará o período do ciclo anual, no qual serão reunidos esforços visando à conscientização sobre a importância do respeito à integridade física e psíquica dos idosos”, disse o deputado Renato Câmara, que também é autor da lei. A campanha vai abrir inclusive canais de denúncia para quem souber desta forma de agressão.

“Os idosos temem denunciar os seus agressores. Todo tipo de violência precisa ser denunciada e investigada, seja ela física, psicológica, sexual, abandono, negligência financeira e maus-tratos”, explicou o parlamentar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions