A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/02/2011 10:38

Azambuja diz que candidatura do PSDB na Capital é irreversível

Aline dos Santos
“Vamos formar uma chapa competente, com boas propostas”, afirma Azambuja sobre a candidatura do PSDB na Capital. (Foto: Adriano Hany)“Vamos formar uma chapa competente, com boas propostas”, afirma Azambuja sobre a candidatura do PSDB na Capital. (Foto: Adriano Hany)

Único parlamentar da bancada federal de Mato Grosso do Sul a votar a favor do salário mínimo de R$ 600 (vetado pela Câmara Federal), o tucano Reinaldo Azambuja se prepara para um novo voo: a prefeitura de Campo Grande.

Segundo o deputado federal, a decisão do PSDB de disputar o comando da Capital, na sucessão ao prefeito Nelsinho Trad (PMDB), é “irreversível”. Já o candidato será escolhido entre os nomes de Azambuja e a senadora Marisa Serrano. “Será eu ou ela”, afirma o parlamentar, em entrevista exclusiva ao Campo Grande News.

Azambuja vai transferir o título eleitoral para Campo Grande, para, caso seja o escolhido, já esteja de acordo com a legislação que determina que o candidato deve ter domicílio eleitoral na cidade em que disputa a eleição.

“Vamos formar uma chapa competente, com boas propostas”, afirma. Segundo ele, o PSDB deve procurar aliados como o DEM, PPS, PP e PR. Azambuja foi prefeito de Maracaju, deputado estadual mais votado e eleito deputado federal nas últimas eleições.

Na Câmara Federal, onde tomou posse há menos de um mês, Azambuja defende o papel da oposição. O PSDB não integra a base aliada à presidente Dilma Roussef (PT). “A oposição sempre é importante. A democracia deve à oposição. No governo do Fernando Henrique Cardoso, o papel foi cumprido pelo PT e outros partidos.Agora o papel cabe muito ao PSDB”, pondera.

Segundo Azambuja, a postura nãos será radical. “Não será tão dura quanto a do Partido dos Trabalhadores”. Para ele, o fato de não ser aliado ao governo federal não dificultará a obtenção de recursos para o Estado. “Como oposição é até mais fácil cobrar as promessas feitas pela presidente para o Mato Grosso do Sul”.

Prioridade – Na próxima semana o deputado federal deve iniciar os trabalhos na comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. “Fui indicado pelo meu partido e quero ajudar o Estado, que depende da agricultura e pecuária”, salienta.

Azambuja lembra que a produção local enfrenta dificuldades de escoamento. “Temos que focar os investimentos em infraestrutura”. Outra ação será a liberação das restrições com o fim da ZAV (Zona de Alta Vigilância), que abrangia 13 municípios na fronteira do Estado com a Bolívia e Paraguai.

“Não pode ter diferenças”. No último dia 4, a OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) colocou todo o Mato Grosso do Sul como área livre da febre aftosa com vacinação.



cuidado deputado com o tombo ele sera grande
maior que o da elicao de 2008 em maracaju


 
carmem cavalera em 20/02/2011 01:00:16
TA DE BRINCADEIRA NÉ GENTE AGORA DAQUI UNS DIAS O SERRA TAMBEM VAI VIM DE SÃO PAULO PRA SER CANDIDATO AQUI PO SERÁ QUE EM CAMPO GRANDE NÃO TEM NOME PRA SER PREFEITO DEP. VAI MUDAR O NOME DE CAMPO GRANDE PRA CIDADE DE MARACAJU TA DE BRINCADEIRA NÉ
 
ademar vieira junior em 19/02/2011 11:59:52
Isso mesmo Marcelo argemom....."pudim de cachaça......hahahahahaha)
 
Gilmar candido em 19/02/2011 10:30:05
Politica deve ser muito bom mesmo, nem mesmo acabou de assumir como deputado, já está se preparando para outra eleição?
Será que dái recebe pelos dois?
Enquanto ficam brigando quem vai ser candidato, não devia estar em Brasilia fazendo jus ao salário ( bom ) que recebe?
Eu se falto em meu serviço, tenho o dia cortado e tenho que justificar.
Mas é assim mesmo, aqui nesse país só muda se cair um raio e começar tudo de novo.

 
Kamél El Kadri em 19/02/2011 08:24:20
quantos mais opções e candidatos melhor para o eleitor campo grandense seu poder de escolha.
 
Gustavo Henrique em 18/02/2011 12:33:05
Já esta na hora do PSDB deixar de ser escravo do PMDB, e caminhar com as próprias
pernas, se isso acontecer o PMDB não ganha.
 
José Roberto da S. Ribeiro em 18/02/2011 12:29:59
Vamos lá Azamba, mas tem que ser prá mudar em muito esta nossa cidade.
 
Milton S. Miguel em 18/02/2011 11:08:47
É SÓ VIR A MARACAJU E PERGUNTAR QUEM É ELE, É O MELHOR COMPANHEIRO QUE EXITE MAS A VEZES VALORIZA MAIS OS ADVERSARIOS QUE O PARCEIROS, E PECA NOS ASSESSORES, É O TERROR DO PT, DEPOIS DELE CAMPO GRANDE NUNCA SERA A MESMA SERA A MELHOR CHEGA DE PT PMDB.
 
FABIO JESUS em 18/02/2011 05:58:27
Vamos lá meu dep. é assim mesmo que se faz politica andando pra frente, avançando sempre, e não como muitos politicos rabo de égua. Já votei por duas vezes no senhor pra dep. estadual e federal, e sempre tens honrado o meu voto, conte comigo e com o meu empenho mais uma vez em sua caminhada. Oh! vou mudar o meu voto pra Campo Grande, pois tenho essa oportunidade.
 
Luiz Antonio de Oliveira em 18/02/2011 05:31:33
O NAO QUEIME A SUA IMAGEM SENDO APENAS MAIS UM CANDIDATO PARA ESTIMULAR UM SUPOSTO SEGUNDO TURNO .
 
marcia cavazano em 18/02/2011 04:47:06
O PSDB do MS é igual rêmora. Aquele peixe que gruda em baixo do Tubarão, para comer restos dos alimentos deixado pelo Tubarão. No caso aqui do MS, o Tubarão é o PMDB. É só o André bater o pé que eles saem correndo igual cachorro vira-lata. Sempre foi assim, não ia ser agora que isso iria mudar. É só esperar pra ver, depois vocês me falem se foi diferente.
 
Paulinho Barbosa em 18/02/2011 04:13:57
Concordo com a posição do PSDB,dai nao seremos mais refens dessa briga entre Puccineli e Zeca,com a candidatura propria do psdb teremos realmente uma eleição disputada democraticamente e o eleitor tera propostas e direito de escolha real.
 
marcelo argemon em 18/02/2011 03:55:16
Esse nosso representante eu conheço.. homem de bem, de lutas a fovor do povo.. pai de familia.. honroso.. parabens deputadooo.. se voce for o nosso candidato um voto o sr. ja tem.. abraços da familia marquess ...
 
thiago vaz em 18/02/2011 03:39:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions