A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/10/2013 10:29

Bernal deixa petistas apreensivos; decisão sobre rompimento sai na terça

Zemil Rocha
Gildo diz que como Bernal ainda não os chamou para reunião (Foto: arquivo)Gildo diz que como Bernal ainda não os chamou para reunião (Foto: arquivo)

O prefeito Alcides Bernal não parece ter pressa em resolver a insatisfação ameaçadora do PT, que apresentou a ele um documento com quatro reivindicações em tom de ultimato e se faz reunião na próxima terça-feira (29) para discutir possível rompimento político. O presidente do Diretório Municipal do PT de Campo Grande, Gildo Oliveira, informou nesta manhã de domingo que até agora não recebeu nenhuma ligação de Bernal para a conversa que havia solicitado na quarta-feira (23). O clima é de apreensão.

“Estamos aguardando. O prefeito ficou de nos chamar até terça-feira para discutirmos as propostas que encaminhamos a ele na segunda-feira passada. Estou esperando a chamada do prefeito”, afirmou Gildo Oliveira.

Indagado se a decisão do prefeito de nomear dois novos secretários para as pastas da Juventude e da Mulher já seria o cumprimento de reivindicações do PT, já que um dos quatro pontos é a recomposição do governo com busca de apoio de novas forças partidárias, Gildo respondeu: “Nós fizemos a proposta de coalizão, mas com a decisão dele de nomear dois secretários não dá pra dizer que está nos atendendo, não dá pra dizer sim ou não. Não conversou conosco ainda. Então não nos atendeu”.

Na última segunda-feira (21), o presidente municipal do PT entregou documento com quatro reivindicações a Bernal, em tom de ultimato: composição imediata do conselho político que ajude ele a governar a cidade; nomeação imediata de um coordenador político da administração para estabelecer relação com as instituições e a Câmara; recomposição de seu governo com novas forças partidárias; e reabertura de diálogo com a Câmara. Na quarta-feira, Bernal ligou para Gildo afirmando que pretendia retomar o diálogo, o que fez o PT adiar para terça-feira (29) a reunião para decidir se rompe ou não com a atual administração municipal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions