A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/12/2013 17:17

Bernal erra em empréstimos de R$ 432 mi e envia projetos corretivos à Câmara

Josemil Arruda e Lidiane Kober
Mario Cesar disse que Bernal enviou ontem os dois projetos corretivos (Foto: arquivo)Mario Cesar disse que Bernal enviou ontem os dois projetos corretivos (Foto: arquivo)

O presidente da Câmara de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), informou que o prefeito Alcides Bernal (PP) enviou ontem duas alterações para corrigir erros nos projetos de empréstimos, já aprovados pelos vereadores e que totalizam R$ 432 milhões. Os recursos referem-se a projetos de mobilidade urbana e pavimentação asfáltica.

Tratam-se dos projetos de lei do Executivo de nº 7.587 e 7.588, de 12 de dezembro, que alteram as ementas e o Art. 1º das leis municipais nº 5.202 e 5.203, que autorizam a Prefeitura de Campo Grande “a contratar operação de crédito junto à União, por meio da Caixa Econômica Federal, na qualidade de agente financeiro e oferecer garantias”, entre outras providências.

Mario Cesar criticou mais esse erro da equipe de Bernal. “Isso tudo ameaça o desenvolvimento da cidade, que corre o risco de perder empréstimo. A cidade anda para traz”, afirmou o presidente da Câmara. Embora erros técnicos aconteçam e seja passíveis de correção, Mario chama atenção para o fato da abundância na gestão do atual prefeito e do risco de prejuízos para o município.

Os dois projetos de empréstimo pedidos por Bernal foram aprovados pela Câmara no dia 11 de julho de 2013, transformando-se em lei no dia 15 daquele mês. A maior parte dos recursos dos empréstimos, R$ 300 milhões, é para a pavimentação asfáltica em Campo Grande, com o projeto elaborado ainda na administração de Nelson Trad Filho.

Os outros R$ 120 milhões, previstos na segundo lei, são relativos a investimentos em asfalto e mobilidade urbana em Campo Grande. A ideia é usar o dinheiro no setor de transporte coletivo, para recapear avenidas e ampliar o número de terminais do transporte coletivo e instalar pontos de ônibus. A proposta é construir quatro novos terminais nos bairros Tiradentes, São Francisco e Parati, além de um na avenida dos Cafezais.

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions