A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/12/2013 11:11

Bernal faz reuniões para tentar evitar a cassação; estratégia está sendo traçada

Josemil Arruda
Seguranças de Bernal trancam portão de acesso para evitar a imprensa (Foto: Cleber Gellio)Seguranças de Bernal trancam portão de acesso para evitar a imprensa (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) está articulando sua tropa de choque para tentar impedir a cassação. Neste momento, Bernal está reunido com assessores, como a presidente da Agência de Regulação de Campo Grande, Ritva Vieira e a secretária de Assistência Social, Thaís Helena. E às 18 horas deve se reunir com sua base de sustentação política na Câmara de Campo Grande, composta por nove vereadores.

Na reunião com os vereadores, Bernal deve discutir a melhor estratégia política para impedir a cassação de seu mandato. Uma das alternativas é esvaziar a sessão, com os integrantes da base governista não comparecendo. A manobra é considerada mais fácil do que obter votos favoráveis durante o julgamento, marcado para amanhã, a partir das 8 horas.

Bernal deixou para mais tarde o almoço de Natal com a família e desde cedo está fazendo contado com assessores para traçar a estratégia de luta pela preservação do mandato. Na Esplanada Ferroviária, seguranças do prefeito trancaram a entrada do prédio com cadeado, para evitar a entrada da imprensa.

Na área judicial, o advogado Jesus de Oliveira Sobrinho está avaliando medidas judiciais que podem ser tomadas para suspender a sessão extraordinária da Câmara. A dificuldade é que o período é de Natal, embora haja juízes em regime de plantão.

 

 

 

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


É fato que a comissão processante está tirando vantagem politica mas é claro para qualquer leitor que as improbidades administrativas e o paradeiro geral na capital por culpa da ineficiência da equipe do prefeito, faz com que a mesma tenha legitimidade para a sua cassação. o ano de 2013 para campo Grande foi de grande perda, mas é preciso ainda , evitar que também o vice de bernal, comprometa ainda o ano de 2014. Fora Bernal e também fora Olarte.
 
joao jose em 25/12/2013 12:29:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions