A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/03/2014 16:36

Bernal leva multidão ao delírio na Câmara e diz que cortou privilégios

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Prefeito causa alvoroço na chegada ao legislativo (Foto: Marcelo Victor)Prefeito causa alvoroço na chegada ao legislativo (Foto: Marcelo Victor)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), acabou de chegar à Câmara Municipal de Campo Grande, onde os vereadores votam o pedido de cassação do mandato. Ele disse que veio para esclarecer a situação e só cortou privilégios no município.

Cerca de 500 pessoas, que acompanham o julgamento do lado de fora do prédio o receberam com gritos de “Bernal, Bernal, Berna”.

O prefeito afirmou que pode ter o mandato cassado porque “cortou privilégios”. Ele se defendeu das acusações de mau uso do dinheiro público, ter fabricado emergências e não ter cumprido contratos.

Ele terá duas horas para se defender durante a sessão. Em seguida, cada vereador terá 15 minutos para se manifestar.

Bernal ouve gritos de apoio durante chegada na Câmara Municipal (Foto: Marcelo Victor)Bernal ouve gritos de apoio durante chegada na Câmara Municipal (Foto: Marcelo Victor)
Entrada na Câmara também foi tumultuada (Foto: Marcos Ermínio)Entrada na Câmara também foi tumultuada (Foto: Marcos Ermínio)


o meu o seu o nosso voto não vale nada se nos coloquemos o homem la quem tinha o direito de tirar seria o povo não certos vereadores que já foram casado e não fizeram nada pela população
 
celso de jesus gomes em 12/03/2014 21:38:00
A democracia é tão frágil, ou tão forte, quanto queiramos que ela o seja.
Alguns parecem não se dar conta da gravidade do que está acontecendo em Campo Grande, e não estou falando dos vereadores. Deles, Edil e cia, não espero nada.
 
Andre Silva em 12/03/2014 17:18:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions