A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/11/2012 11:09

Bernal não será “azarão” na Câmara Municipal, diz Athayde Nery

Fabiano Arruda
Para Athayde Nery, vereadores vão buscar auxiliar o prefeito na governabilidade. (Foto: arquivo)Para Athayde Nery, vereadores vão buscar auxiliar o prefeito na governabilidade. (Foto: arquivo)

A Câmara Municipal de Campo Grande terá, no ano que vem, 21 vereadores eleitos na base do candidato Edson Giroto (PMDB) e que, na prática, seriam oposição ao prefeito eleito Alcides Bernal (PP). Mas, a maioria não deve querer arrumar briga com o progressista, ao contrário, deve facilitar sua governabilidade.

A análise é do vereador Athayde Nery (PPS), parlamentar há quatro mandatos e um dos mais próximos de Bernal na fase da montagem da equipe de transição.

Para ele, os vereadores hoje considerados de oposição dificilmente vão querer se indispor com alguém que foi aprovado no primeiro turno das eleições na Capital e eleito com 270,9 mil votos.

“O Bernal tem apoio maciço da população. Ele não chega como azarão. Os vereadores vão precisar ajudar o prefeito, na governabilidade”, disse o candidato a vice na chapa encabeçada por Reinaldo Azambuja nestas eleições, destacando que, como integrante do grupo do novo chefe do Executivo de Campo Grande, foi orientado a “conversar com todos” no Legislativo a fim de viabilizar a maioria.

O parlamentar ainda analisa que é possível atrair eleitos na base de Giroto. Para ele, o peemedebista recebeu em torno de 120 mil votos no primeiro turno, o que não representa a votação para os 21 vereadores.

“Muitos eleitores desses vereadores votaram em outros candidatos, como o Reinaldo”, explicou.

Formação de governo – No início da fase de negociações políticas, tanto na Câmara como na formação de seu governo, a palavra de ordem para Bernal é “cautela”, opina Athayde. Para ele, é fundamental que o progressista tenha “tranquilidade” para administrar em seu primeiro ano de mandato.

“Fizemos isso na época que o Nelson (Trad Filho) assumiu (em 2005). É por isso que ele (Bernal) tem procurado se cercar de técnicos na equipe de transição”, explicou, ao lembrar quando foi líder do prefeito e sinalizando que o novo chefe da administração municipal tem de estar preparado e assessorado para enfrentar os problemas que podem surgir logo no início do ano.

Athayde também garantiu que não está confirmado como secretário de Cultura do município, como já chegou a ser especulado, e ainda assegurou que vai deixar “para depois” as negociações por espaço na próxima administração.

Além disso, afirmou que qualquer informação sobre nomes de secretários, no momento, é “pura especulação”. “O Bernal está focado em construir uma equipe que una técnica e política. Mas está analisando todas as questões com muita tranquilidade”.

“Assumimos o risco do sucesso do Bernal. Agora, ele tem que formar o plano político, buscar capacidade para executar e viabilidade política. Estamos auxiliando nesse processo”, completou. 



anotem aí: antes do meio do ano que vem a maioria dos vereadores eleitos pela oposição estarão apoiando o Bernal, dizendo fazerem isso em nome da "governabilidade", todos de olho em cargos e outras vantagens. Ora, se foram eleitos para serem oposição, que façam oposição, fiscalizem os atos do prefeito e cobrem dele tudo o que prometeu. Isso não é atrapalhar a cidade, agora, troca de favores, como ocorre ( e vai ocorrer) só faz mal ao povo.
 
luis de almeida em 04/11/2012 15:45:16
Athayde Nery seu prazo de validade já venceu.
Você já falou muita abobrinha, muita asneira, já criticou tudo e todos.
Você criticou o André, que foi o melhor prefeito desta Capital.
Você criticou o Nelsinho, que vai deixar muita saude para os campograndenses.
Está na hora de tirar seu time de campo, a vez é dos novatos.
Respeite nossos tímpanos, deixe-nos em paz.
 
VALDIR VILLA NOVA em 03/11/2012 09:30:38
Oportunista este Athaide. Já foi até porta voz , secretário, e amigo da turma do Pucci. Agora é da Turma do Bermal. Acha assuntio
 
Carlos medeiros em 02/11/2012 16:29:42
Este cara é um oportunista. Era suplente, virou presidente da Fundação de Cultura indicado por Nelsinho Trad...

Cara de pau este Athayde!

Trocou de lado para pegar uma boquinha... eu queria que na politica tivesse uma tecla "delete" .... ja deletaram ele na urna, agora quer ser presidente da Fundação de Cultura, farinha do mesmo saco.
 
Marta Silva Guerra em 02/11/2012 13:04:53
O Bernal está bem assessorado.Ele foi eleito como prefeito numa forma de protesto de eleitores revoltados , que não sabem nem o que querem, aí vem assessoria do Atayde.....rsrsrsrs...só rindo, ele não foi eleito vereador por falta de competência.....o que será de nossa querida Capital? Estamos de Olho!!!!
 
Karolay de souza em 02/11/2012 12:47:36
Medão agora em Atayde, que medão, hem. Rapaz a maioria dos votos pra os vereadores de oposição vem do Giroto, pouco e bem poucos votaram no Bernal. Não vem com esta historinha de que a maioria está com Bernal. Meu voto foi na oposição e queremos que eles procedam assim, fiscalizando o Prefeito, legislando em favor da população que os elegeram. Nosso voto foi para se opor ao Bernal.
 
Andrey Fontenello em 02/11/2012 12:29:32
Como sempre o Ver. Athayde Nery fala com propriedade sobre como deverá ser a oposição ao Prefeito Eleito, sem sombra de duvidas seria o melhor nome para ocupar a secretaria de governo da prefeitura, afinal saberia como ninguém como fazer as articulações para que a Câmara Municipal não trave a nossa cidade. Parabéns pelos seus 4 mandatos Vereador Athayde representando e bem os votos recebidos nas urnas!!!
 
Clayton Gordo em 02/11/2012 12:20:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions