ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 19º

Política

Bernal quase dobra salário de primo que é investigador de polícia

Por Zemil Rocha | 07/11/2013 17:19
Bernal fez mudanças para beneficiar o primo que trabalha na Secretaria de Governo (Foto: arquivo)
Bernal fez mudanças para beneficiar o primo que trabalha na Secretaria de Governo (Foto: arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) promoveu alterações administrativas que devem garantir salário maior para seu primo Elvio Meza Bernal, que deixou o cargo comissionado que ocupada para exercer uma função gratificada, que quase dobra o seu salário de origem. Elvio que recebia R$ 4.990,42, como Assessor Especial III, símbolo DCA-3, da Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais, passa a receber R$ 5.760,42 com o benefício de 90% da função gratificada FAS-04 a contar de 1º de novembro de 2013. O benefício garante um salário 15,42% maior para o parente do prefeito.

Hoje foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) dois decretos de Bernal, um exonerando Elvio Meza da cargo de símbolo DCA-3, cuja remuneração é de R$ 2.772,46 mais até 80% de gratificação (R$ 2,217,96), e outro designando-o para a Função de Atividades de Assistência e Assessoramento Superior, Símbolo FAS-04, na Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais, com fulcro no art. 95, § 2º, da Lei Complementar n. 190, de 22 de dezembro de 2011 e Decreto n. 10.321, de 7 de janeiro de 2008 e alteração. Pelo Decreto 10.321, a gratificação de função será paga a servidor da União, Estado ou Município cedido para a Prefeitura de Campo Grande.

Elvio Bernal é investigador da Polícia Civil, que estava lotado na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, mas foi transferido por cedência para a Prefeitura de Campo Grande no começo de fevereiro. A remuneração básica de policial é de R$ 3.031,80, que somada à gratificação de 90% (R$ 2.728,62) ofertada agora pela Prefeitura de Campo Grande passa a no mínimo R$ 5.760,42, sem considerar vantagens pessoais, como promoção vertical por tempo de serviço.

A publicação das alterações no Diogrande saíram com incorreções quanto ao nome de Elvio Meza, já que este ficou sem o sobrenome “Bernal”. Segundo a assessoria da Prefeitura, a correção será feita com republicação na imprensa oficial.

Além de funcionário de confiança na Prefeitura, o primo de Alcides Bernal também é presidente de um time de futebol, o Esporte Clube Campo Grande. No último campeonato, Elvio Bernal não conseguiu tirar o time da Série B do Estadual, ficando na quarta posição.

Veja os decretos com as alterações publicadas hoje:

DECRETO “PE” n. 1.952, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2013.
ALCIDES JESUS PERALTA BERNAL, Prefeito de Campo Grande, Capital do
Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, resolve:
DESIGNAR ELVIO MEZA, matrícula n. 395258, para desempenhar a CAMPO GRANDE-MS, 6 DE NOVEMBRO DE 2013.
ALCIDES JESUS PERALTA BERNAL
Prefeito Municipal
RICARDO TREFZGER BALLOCK
Secretário Municipal de Administração 14:40

DECRETO “PE” n. 1.951, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2013.
ALCIDES JESUS PERALTA BERNAL, Prefeito de Campo Grande, Capital do
Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, resolve:
EXONERAR ELVIO MEZA, matrícula n. 395258/01, do cargo em comissão de
Assessor Especial III, símbolo DCA-3, da Secretaria Municipal de Governo e Relações
Institucionais, a contar de 1º de novembro de 2013.
CAMPO GRANDE-MS, 6 DE NOVEMBRO DE 2013.
ALCIDES JESUS PERALTA BERNAL
Prefeito Municipal
RICARDO TREFZGER BALLOCK
Secretário Municipal de Administração

Nos siga no Google Notícias