A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/10/2013 11:59

Briga entre vereador e empresário na Câmara vai parar na delegacia

Graziela Rezende e Kleber Clajus
Empresário foi levado para a delegacia e teve a companhia do vereador Marcos Alex (Foto: Marcos Ermínio)Empresário foi levado para a delegacia e teve a companhia do vereador Marcos Alex (Foto: Marcos Ermínio)

Duas confusões seguidas, por conta da discussão entre manifestantes e vereadores, marcaram a sessão desta quinta-feira (10), na Câmara Municipal de Campo Grande. Um dos parlamentares chamou a Guarda Municipal e exigiu a retirada do empresário do local, que foi encaminhado para a 1ª delegacia de Polícia.

O tumulto iniciou quando o vereador Elizeu Dionísio (PSL) fez uso da palavra para ler um ofício que trata de irregularidades acerca da gestão do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), já que este ainda não havia nomeado os secretários da Juventude e da Mulher.

Neste instante, irritado, o vereador Alex do PT falou que ele deveria ter lido o documento no início dos trabalhos e compareceu a mesa diretora, na intenção de suspender a leitura. Também alterado, o empresário Rodrigo Costa foi até o vereador Dionísio e o questionou sobre a placa de uma obra da Santa Casa, na ordem de R$ 6 milhões.

“A placa é de 2010 e disse que ficaria pronta em 365 dias, queremos saber onde foi parar este dinheiro”, disse o empresário, ressaltando que ele é fiscalizador e por isso se direcionou a este parlamentar. Irritado, o empresário filiado ao PHS falou que “ele não era ninguém para falar em cassação do prefeito, quando tinha um esquema da sua empresa e foi eleito porque investiu R$ 200 mil na campanha”.

A discussão acabou em xingamentos, sendo que a imprensa flagrou o momento em que o empresário disse “ele é um bosta de um baixinho”. Dionísio então chamou a Guarda Municipal, exigindo a retirada do empresário e voz de prisão por desacato.

Ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Centro. Lá, conforme apurou o Campo Grande News, o vereador Marcos Alex (PT) o acompanhou e arranjou um advogado para a defesa do empresário.

O vereador Carlos Borges (PSB), o Carlão, comentou que agressões pessoais não devem ser aceitas. “Temos que cobrar providências”, disse ele. Já o vereador Alceu Bueno (PSL), ressaltou que “não podemos permitir que as pessoas venham nos agredir verbalmente, já que o fato pode se transformar em agressão física”, fala.

Já o vereador João Rocha (PSDB), falou que há critérios para a preservação dos parlamentares, uma vez que os nervos estão “a flor da pele”. Indignado, o vereador Coringa (PSD) comentou que aquele é um cidadão que não representa o povo de Campo Grande.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


as pessoas se acham no direito de agredir a policia em manifestações, depredar estabelecimentos, incendiar ônibus, insultar prefeito, vereador, desrespeitar pessoas, brigar no transito, xingar funcionários de empresas e ainda nao querem ser presos. Nao temos mais nem Ordem e nem Progresso nesse País, aqui é cada um por si por isso que o Brasil esta desse jeito. As pessoas sao agressivas igual animais selvagens.
 
fernando alves em 10/10/2013 17:40:38
Sorte dos vereadores que a população ainda não está tomando a atitude deste empresário, que ao meu ver tem todo o direito de cobrá-los. Quando o povo não suportar mais... espero que eles estejam preparados.
 
Renan Calheiros em 10/10/2013 17:12:10
Se chamar o Prefeito de Ladrão não é quebra de decoro parlamentar, chamar vereador de ladrão não é desacato....
Se não quer ser chamado de ladrão não chamem ninguém de ladrão, se não vão ter de mandar lhe prender por desacato!!! É mano veio ..... isto você só sente quando é com você, pimenta nos olhos dos outros não arde quando nos da gente pega é fogo....
 
Alvaro Barbosa em 10/10/2013 17:05:04
Tem que colocar ordem na casa. Tem que mandar prender os desordeiros, não importa se seja empresário, sindicalista, lider comunitário, puxa saco do prefeito, etc.
 
VALDIR VILLA NOVA em 10/10/2013 16:28:58
Enquanto todo mundo briga o povo "Toma Tinta", por favor Vereadores, Prefeitos, Empresários, Agilizem porque este ano esta sendo praticamente perdido chega de brigas e vamos arrumas as praças, as quadras, liberar os Habite-se atrasados, agilizar os processos da Prefeitura, Enfim vamos Trabalhar poxa. . . .
 
Hilario Cavaliere em 10/10/2013 16:28:05
Bem feito, não foi eu que coloquei esses Vereadores lá mesmo, alías nunca fui e não vou em seção de Camara Municipal.
Isso é bom para o POVO nas próximas eleições saber em quem votar...
Faleiii e tá faladoooo (Sérgio Cruz kkkkk)
 
Antonio Ferreira Filho em 10/10/2013 16:03:49
Deveriam cassar esse Elizeu Dionisio
 
ANTONIO TEIXEIRA em 10/10/2013 14:50:05
Se ninguém fizer isso, no caso o que o empresário fez, nada vai mudar, o sujo falando do mal lavado, e o mal lavado está mostrando mais trabalho em menos tempo que o sujo, vamos lutar pelos nossos direitos sim!!!
 
Dhymitri Pelzl em 10/10/2013 14:26:10
Essa Casa de Leis está mais para "Casa da Joana""", uma verdadeira z.................
 
Juraci Pereira em 10/10/2013 14:18:04
Se o vereador Carlão esta achando a câmara violenta é pq a coisa ta feia mesmo.

 
joao renato em 10/10/2013 13:57:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions