A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

31/03/2016 11:27

Câmara aguarda aval do TCE e MPE para tentar novo afastamento de Bernal

Mayara Bueno e Alberto Dias
Câmara Municipal de Campo Grande. (Foto: Arquivo)Câmara Municipal de Campo Grande. (Foto: Arquivo)

Os vereadores de Campo Grande aguardam o posicionamento do TCE (Tribunal de Contas Estadual de Mato Grosso do Sul) para decidirem sobre a possibilidade ou não de abertura de nova processante contra o prefeito Alcides Bernal (PP). Além disso, as informações foram enviadas ao MPE (Ministério Público Estadual), também pedindo parecer da instituição. Em 2014, o chefe do Executivo Municipal foi cassado depois da tramitação de um mesmo processo na casa de leis.

De acordo com o vereador Airton Saraiva (DEM), foram enviadas às instituições informações sobre o decreto de situação de emergência – do fim do ano passado para cá, Bernal decretou emergência por conta da chuva e da dengue.

Inclusive, os parlamentares já haviam pedido informações para a Prefeitura sobre as compras feitas por meio do dispositivo. Na lista de irregularidades apontadas pela Câmara também estão remanejamentos do prefeito.

“Em cima dos pareceres, do que chegar primeiro, vamos agir, pois a Prefeitura não responde nossos requerimentos, ou seja, está negando informações”, diz. O vereador cita ainda a omissão da lista de entidades que estão com recursos atrasados – as instituições, inclusive, estão na casa de leis, neste momento, protestando sobre a falta de pagamentos na ordem de R$ 2,5 milhões.

O parlamentar acredita que ainda esta semana deve receber o parecer da Corte Fiscal e, a partir disso, fará os encaminhamentos necessários na Câmara. Em 2014, o prefeito foi cassado em uma comissão que avaliou a contratação de certas empresas fornecedoras e prestadoras de serviços, dentre outras.

Vereadores exigem que Bernal repasse recursos atrasados às entidades
Vereadores reuniram-se, na manhã desta terça-feira (29), com 20 representantes de entidades não governamentais que reclamam do não repasse, pelo Exec...
Irônico, Bernal diz que não julga erros de antecessores
Nervosa - A secretária-adjunta de Planejamento, Finanças e Controle da Prefeitura Campo Grande, Maria do Amparo, demostrou muito nervosismo ao ser qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions