ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 28º

Política

Câmara aprova crédito de R$ 10 mi para Prefeitura comprar software e pagar folha

Por Paula Maciulevicius Brasil e Clayton Neves | 11/03/2021 12:40
Na pauta de hoje, Câmara aprovou projeto da Prefeitura que pedia crédito. (Foto: Clayton Neves)
Na pauta de hoje, Câmara aprovou projeto da Prefeitura que pedia crédito. (Foto: Clayton Neves)

Os vereadores aprovaram por 25 votos contra três o projeto de lei encaminhado pela Prefeitura para abrir crédito de R$ 10,6 milhões. O dinheiro será usado para compra de software, investimentos no IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), reforma do Procon, compra de três veículos e também para pagar a folha de servidores.

Os três votos contrários foram dos vereadores André Luis da Fonseca, o Professor André (Rede), Marcos Tabosa (PDT) e Clodoilson Pires (PRB), que em linhas gerais, expuseram preocupação sobre de onde viria a verba.

Otávio Trad (PSD) explicou aos parlamentares que não haverá aumento de despesa, apenas uma transferência de uma localidade para a outra. O que fez com que vereadores pedissem explicações à Prefeitura de onde o dinheiro seria tirado. "Eu tenho medo de que tirem esse dinheiro da cultura que já vem numa situação difícil. Então fica o meu apelo para que a Prefeitura venha para a casa dizer de onde vai tirar esses R$ 10 milhões", comentou Ronilço Guerreiro (Podemos).

No projeto submetido aos vereadores, Marquinhos pede R$ 5,7 milhões para destinar à Sefin (Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento) para a compra de um software que deve dar mais segurança ao sistema usado pelo órgão; R$ 1 milhão para o IMPCG e o restante, pouco mais de R$ 3 milhões, para atender as despesas com a folha de pagamento dos servidores, comprar dois veículos sedan e uma mini-van, reformar e ampliar a sede do Procon municipal e ainda comprar materiais como persiana novos aparelhos de ar condicionado e mobília em geral.

Aprovado pela Câmara, o projeto segue para sanção do Prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário