A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/08/2014 09:23

Câmara Municipal debate hoje conflito na Faixa de Gaza

Kleber Clajus

A Câmara Municipal de Campo Grande sedia, nesta quinta-feira (7), debate sobre as implicações do conflito com Israel na Faixa de Gaza. O evento ocorre, desde às 9h, durante a sessão legislativa no Plenário Oliva Enciso.

De acordo com o representante da Cebrapaz (Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos em Luta pela Paz), André Germano, o diálogo com os vereadores será pautado pela necessidade manifestação contrária as “atrocidades para sufocar valores e princípios de democracia”, em relação ao povo palestino.

“Entendemos que todos somos responsáveis solidariamente em contribuir com a causa palestina para pressionar o governo brasileiro a romper, de forma efetiva, relações diplomáticas e econômicas com o Estado de Israel. O silêncio das nações pode significar credenciamento para situações semelhantes em outros lugares”, comentou André.

No cenário local, o representante da Cebrapaz pretende questionar contrato entre a concessionária de água de Campo Grande com uma multinacional israelense. O objetivo é mobilizar os vereadores para questionar a empresa sobre o acordo e seus interesses.

Também participam do evento o advogado e representante do CSPP (Comitê de Solidariedade ao Povo Palestino), Lairson Palermo, o secretário de saúde Jamal Salem, o sheik Abdeli Ramirez e o deputado estadual Carlos Marun (PMDB), dentre outros.

Em guerra - O conflito na Faixa de Gaza, iniciado em 8 de julho, já matou 1.875 palestinos, dentre eles 430 menores e 243 mulheres. Já do lado israelense, são 64 soldados mortos e três civis.

A atual escalada de violência está associada ao sequestro e morte de três adolescentes israelenses encontrados no dia 30 de junho, além de um palestino que, de acordo com autópsia, foi queimado vivo em Jerusalém. Há também, neste contexto, o ataque de foguetes pelo grupo islamita Hamas e a resposta considerada “desproporcional” por parte de Israel.

Em contrartida, a divergência entre ambos os povos é antiga e ampliou-se quando o Hamas assumiu o controle da Faixa de Gaza, em 2007.

 

* Matéria atualizada às 10h40 para correção de informações.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Agora o problema vai ser resolvido, porque será que a ONU não pensou nisto antes.? Nossa grande câmara já resolveu todos os nosso problemas, fiscalizou todas as contas da prefeitura, então na falta do que fazer vamos pacificar o mundo...
 
Marco Aurélio Alves Queiróz em 07/08/2014 12:38:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions