ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 15º

Política

Câmara valida relatório do TCE e rejeita prestação de contas de Bernal e Olarte

Votaram contra o veto às finanças apenas os vereadores Marcos Tabosa, Epaminondas Vicente, o Papy e André Luis

Por Clayton Neves | 06/04/2021 10:11
Vereadores durante sessão remota da Câmara nesta terça-feira (6). (Foto: Divulgação)
Vereadores durante sessão remota da Câmara nesta terça-feira (6). (Foto: Divulgação)

Por maioria, a Câmara Municipal acatou relatório do Tribunal de Contas do Estado, que rejeitou a prestação de contas da Prefeitura de Campo Grande de 2014, quando Alcides Bernal e Gilmar Olarte comandaram a cidade.

Agora, os dois ex-prefeitos terão de prestar esclarecimentos e podem ser responsabilizados por improbidade administrativa, obrigados a devolver recursos ao município.

Votaram contra o veto às finanças apenas os vereadores Marcos Tabosa (PDT), Epaminondas Vicente (SDD), o Papy, e André Luís (Rede).

Antes de ser votado, Ayrton Araújo (PT) criticou o fato de o relatório ser único e não destacar as irregularidades encontradas em cada uma das duas gestões. “Isso me traz preocupação”, pontuou

No veto encaminhado para análise dos vereadores, o TCE considerou que “ficaram constatadas inúmeras irregularidades” nos documentos apresentados pelo Município à época. Por isso, barrou a declaração anual das contas.

Em 2014, Alcides Bernal administrou a cidade até março, quando teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores. Depois disso, Gilmar Olarte, que era vice, assumiu a Prefeitura.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário