A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/05/2008 14:17

Câmara vota amanhã novo imposto para financiar a saúde

Redação

Os líderes da base aliada ao governo Lula, na Câmara Federal, fecharam acordo durante reunião com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e decidiram votar amanhã (28) substitutivo ao projeto de lei que regulamenta a Emenda 29, com fonte de recursos para financiar os gastos com a saúde, que seria a Contribuição Social para a Saúde (CSS), com alíquota de 0,1% da movimentação financeira. A contribuição reforçará o caixa da saúde com cerca de R$ 10 bilhões por ano.

Os líderes decidiram ainda aprovar uma proposta aumentando o Imposto de Produtos Industrializados (IPI) dos cigarros. Os recursos também serão destinados à saúde.

O líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), informou que os assalariados que ganham até três salários mínimos ficarão isentos da contribuição.

O ministro Temporão disse que só este ano a saúde precisa de mais R$ 6 bilhões para manter a atual estrutura. "Queremos recursos seguros para a saúde, e não ficar contando com o excesso de arrecadação", defendeu.

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions