A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

27/05/2008 14:17

Câmara vota amanhã novo imposto para financiar a saúde

Redação

Os líderes da base aliada ao governo Lula, na Câmara Federal, fecharam acordo durante reunião com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e decidiram votar amanhã (28) substitutivo ao projeto de lei que regulamenta a Emenda 29, com fonte de recursos para financiar os gastos com a saúde, que seria a Contribuição Social para a Saúde (CSS), com alíquota de 0,1% da movimentação financeira. A contribuição reforçará o caixa da saúde com cerca de R$ 10 bilhões por ano.

Os líderes decidiram ainda aprovar uma proposta aumentando o Imposto de Produtos Industrializados (IPI) dos cigarros. Os recursos também serão destinados à saúde.

O líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), informou que os assalariados que ganham até três salários mínimos ficarão isentos da contribuição.

O ministro Temporão disse que só este ano a saúde precisa de mais R$ 6 bilhões para manter a atual estrutura. "Queremos recursos seguros para a saúde, e não ficar contando com o excesso de arrecadação", defendeu.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions