A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/10/2008 13:51

Cartilha promete facilitar ações contra a Enersul

Redação

Relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigou a Enersul, o deputado estadual Marcos Trad (PMDB) tem se empenhado em facilitar a vida de quem quiser entrar com uma ação contra a Enersul.

Além de mobilizar outros advogados para que ofereçam assessoria jurídica a quem estiver interessado em cobrar no Poder Judiciário a devolução de cobranças indevidas feitas pela concessionária, Trad está fazendo uma cartilha para facilitar a atuação e evitar erros dos advogados.

Elaborada com a ajuda da equipe da CPI e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), a cartilha irá explicar o cálculo para a cobrança da tarifa de energia elétrica. O material, já em fase de conclusão, será endereçado aos advogados.

O Judiciário tem rejeitado ações de ressarcimento, argumentando que os cálculos são muito complexos. Marquinhos quer provar o contrário. Ele é advogado e irmão do presidente da OAB/MS, Fábio Trad.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) identificou que a concessionária cobrou R$ 191 milhões indevidamente dos consumidores sul-mato-grossenses. O TCU (Tribunal de Contas da União) também constatou que houve cobrança indevida pela Enersul. Mas para receber, cada consumidor lesado deverá ingressar com uma ação individual.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions