ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 26º

Política

Cartórios da Capital buscam 1.000 voluntários para trabalhar nas eleições

Das vagas disponíveis, 500 são direcionadas para a 8ª Zona Eleitoral; voluntário só pode atuar na zona eleitoral em que está inscrito

Humberto Marques | 09/07/2018 17:02
Eleições na Capital vão demandar o recrutamento de mais de mil mesários. (Foto: Arquivo)
Eleições na Capital vão demandar o recrutamento de mais de mil mesários. (Foto: Arquivo)

Os cartórios eleitorais de Campo Grande têm exatas 1.076 vagas abertas para mesários voluntários que desejem atuar nas eleições de outubro deste ano. O cadastro segue até a data das eleições, mas o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pede que os interessados se manifestem o quanto antes, uma vez que, já em julho, terão início as convocações.

Segundo a assessoria do órgão, do total de vagas, 500 são direcionadas para a 8ª Zona Eleitoral –que abrange partes do Centro e Universitário, Itanhangá, Miguel Couto, Tiradentes, Maria Aparecida Pedrossian, Noroeste, Moreninhas e o distrito de Anhanduí. Há, ainda, 209 vagas para a 36ª (parte do Centro, Jardim dos Estados, Autonomista, Monte Castelo, Estrela do Sul, Mata do Jacinto e Novos Estados).

Outras 150 vagas estão na 44ª Zona (partes do Aero Rancho e Guanandi, Leblon, Tijuca, Pênfigo e Coophavila 2); e 137 na 53ª (trecho do Aero Rancho, Centenário, Nhanhá, Vila Progresso, Canguru e Dom Antônio).

A lista ainda inclui a 35ª (Anache, Vila Nasser, Santa Luzia, Santo Amaro, Aeroporto, Seminário e José Abrão, além dos distritos de Rochedinho e Aguão) e a 54ª (União, Caiçara, Taveirópolis, Nova Campo Grande, Santo Antônio e Indubrasil, entre outros), com 40 vagas em cada.

O eleitor só pode ser voluntário na zona eleitoral na qual está cadastrado.

Vantagens – O cidadão que atua como mesário voluntário tem garantido dois dias de dispensa do serviço, seja ele público ou privado, por dia trabalhado nas eleições e de treinamento. Estudantes universitários podem contabilizar as horas trabalhadas como atividade extracurricular.

O trabalho de mesário também serve como critério de desempate em concurso público (desde que esteja expresso no edital).

Para ser mesário, é necessário ter mais de 18 anos, não ser candidato ou integrar direção de partidos políticos e nem desempenhar cargo de confiança no Executivo, ser autoridade ou agente policial.

Os interessados podem se inscrever no site do TRE (clique aqui para acessar o cadastro).

Nos siga no Google Notícias