A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Julho de 2018

09/07/2018 17:02

Cartórios da Capital buscam 1.000 voluntários para trabalhar nas eleições

Das vagas disponíveis, 500 são direcionadas para a 8ª Zona Eleitoral; voluntário só pode atuar na zona eleitoral em que está inscrito

Humberto Marques
Eleições na Capital vão demandar o recrutamento de mais de mil mesários. (Foto: Arquivo)Eleições na Capital vão demandar o recrutamento de mais de mil mesários. (Foto: Arquivo)

Os cartórios eleitorais de Campo Grande têm exatas 1.076 vagas abertas para mesários voluntários que desejem atuar nas eleições de outubro deste ano. O cadastro segue até a data das eleições, mas o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pede que os interessados se manifestem o quanto antes, uma vez que, já em julho, terão início as convocações.

Segundo a assessoria do órgão, do total de vagas, 500 são direcionadas para a 8ª Zona Eleitoral –que abrange partes do Centro e Universitário, Itanhangá, Miguel Couto, Tiradentes, Maria Aparecida Pedrossian, Noroeste, Moreninhas e o distrito de Anhanduí. Há, ainda, 209 vagas para a 36ª (parte do Centro, Jardim dos Estados, Autonomista, Monte Castelo, Estrela do Sul, Mata do Jacinto e Novos Estados).

Outras 150 vagas estão na 44ª Zona (partes do Aero Rancho e Guanandi, Leblon, Tijuca, Pênfigo e Coophavila 2); e 137 na 53ª (trecho do Aero Rancho, Centenário, Nhanhá, Vila Progresso, Canguru e Dom Antônio).

A lista ainda inclui a 35ª (Anache, Vila Nasser, Santa Luzia, Santo Amaro, Aeroporto, Seminário e José Abrão, além dos distritos de Rochedinho e Aguão) e a 54ª (União, Caiçara, Taveirópolis, Nova Campo Grande, Santo Antônio e Indubrasil, entre outros), com 40 vagas em cada.

O eleitor só pode ser voluntário na zona eleitoral na qual está cadastrado.

Vantagens – O cidadão que atua como mesário voluntário tem garantido dois dias de dispensa do serviço, seja ele público ou privado, por dia trabalhado nas eleições e de treinamento. Estudantes universitários podem contabilizar as horas trabalhadas como atividade extracurricular.

O trabalho de mesário também serve como critério de desempate em concurso público (desde que esteja expresso no edital).

Para ser mesário, é necessário ter mais de 18 anos, não ser candidato ou integrar direção de partidos políticos e nem desempenhar cargo de confiança no Executivo, ser autoridade ou agente policial.

Os interessados podem se inscrever no site do TRE (clique aqui para acessar o cadastro).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions