A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Julho de 2018

11/07/2018 15:05

Católico, Siufi emplaca homenagem a líder de organização religiosa do Japão

Koo Okada é o atual líder da Sukyo Mahikari, que apregoa a imposição de energias pelas mãos como forma de purificar o corpo

Marta Ferreira
Siufi propôs homenagem a Koo Okada, a ser entregue no dia 18 de julho pela Assembleia. (Foto: Victor Chileno/ALMS)Siufi propôs homenagem a Koo Okada, a ser entregue no dia 18 de julho pela Assembleia. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Católico fervoroso e defensor ferrenho de pautas ligadas à igreja em sua agenda política, o deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) prestou homenagem ao representante de um movimento espiritualista criado há 75 anos no Japão conhecido pela prática de se usar as mãos para irradiar energias que visam a limpar as impurezas do corpo e da mente. É o que consta em justificativa na qual o parlamentar propôs a concessão de título de visitante ilustra a Koo Okada.

O mestre Koo Okada (que usa o nome de Tairiku Teshima) representa a Organização Espiritualista Sukyo Mahikari, instituição que, conforme o próprio parlamentar “exerce importante função no plano espiritual” à frente de da Mahikari, conhecida mundialmente mais pela “imposição pelas mãos”: seus adeptos têm a “permissão” de irradiar, pelas palmas dasa mãos, “energia de dimensão muito elevada, capaz de transpassar as células físicas e atingir os campos energéticos mental e espiritual, limpando-os das impurezas”.

A explicação consta no projeto de resolução aprovado pela Assembleia Legislativa concedendo a honraria a Okada, agendada para as 19h o dia 18 de julho, no plenário da Casa. A iniciativa partiu de Siufi, parlamentar já identificado com a “bancada católica” e que, em sua atuação política, já se impôs contra pautas contrárias a nortes apregoados como cristão ou da “família tradicional”.

A Sukyo Mahikari acredita na renovação espiritual da humanidade, a partir de revelações de Deus a Yoshikazu Okada, fundador da filosofia. Tem cerca de um milhão de praticantes no mundo e está presente em cerca de 80 países, inclusive o Brasil. Embora tenha uma base que se confunde com o espiritismo, não tem vínculo direto com essa doutrina religiosa.

Koo Okada, durante homenagem na Assembleia paulista. (Foto: ALSP/Divulgação)Koo Okada, durante homenagem na Assembleia paulista. (Foto: ALSP/Divulgação)

O homenageado, com intensa participação em estudos de caligrafia no Japão, é formado em Arqueologia e com participação em pesquisas sobre a civilização Maia na América, tornou-se instrutor da Escola de Formação de Orientadores da Sukyo Mahikari em 1974 –em 2002, tornou-se assistente da então presidente mundial da instituição religiosa, Keyshu Okada.

Koo Okada é professor honorário da Faculdade de Tecnologia da USP (Universidade de São Paulo), recebeu título de Cidadão Paulistano e, desde 2009, presidente a Mahikari.

“Essências tóxicas” – “O objetivo fundamental da Sukyo Mahikari é iluminar o caminho que conduz à felicidade de todos os seres humanos, eliminando as essências tóxicas e as vibrações negativas do espírito, da mente e do corpo para melhor qualidade de vida e para tornar as pessoas mais altruístas”, destacou a proposta que prevê a homenagem.

Siufi ainda argumentou perante os colegas que a Sukyo Mahikari conta com profissionais nas áreas de saúde, educação, jurídico e outras, que atuam na sociedade “se valendo de métodos espiritualistas e científicos voltados ao bem coletivo”. Além disso, frisou que a organização visa a divulgar “as leis espirituais e fundamentais que regem a prosperidade de todas as coisas do Universo, a servir como guia seguro para qualquer pessoa, independente de sua crença”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions