A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

01/01/2015 20:26

Chefe de Meio Ambiente e Desenvolvimento vê desafio em começar pasta do zero

Ricardo Campos Jr. e Filipe Prado
Jaime Verruck assumiu Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Foto: Alcides Neto)Jaime Verruck assumiu Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Foto: Alcides Neto)

Jaime Verruck, que a partir desta quinta-feira (1º) será o titular da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, vê como um desafio começar uma pasta do zero, tendo em vista que ela foi idealizada por Reinaldo Azambuja (PSDB). A principal meta, segundo ele, é conseguir trazer investidores para buscar, nos cem primeiros dias, o desenvolvimento regional.

“Vai ser um desafio, nem tanto pela parte do meio ambiente, pois o Imasul já tem a estrutura necessária, porém a outra parte tem que ser desenhada”, afirma. Verruck diz ainda que pretende mostrar Mato Grosso do Sul a empresários de outros estados, como Rio de Janeiro e São Paulo.

No começo do mandato, segundo ele, vai ser preciso fazer uma contenção de gastos até que o objetivo da secretaria se consolide e espera que tudo seja normalizado dentro de um ano.

Verruck acrescenta que pretende ajudar a desenvolver algumas regiões no interior que não são polos do estado.

A posse do secretariado de Azambuja foi feita no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. Ele já confirmou o nome de 12 secretários, restando apenas o anúncio da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar.

Na lista estão Eduardo Riedel (Governo), Sérgio de Paula (Casa Civil), Márcio Monteiro (Fazenda), Carlos Alberto Assis (Administração), Maria Cecília Amendola da Motta (Educação), Nelson Tavares (Saúde), Sílvio Maluf (Justiça e Segurança Pública), Rose Modesto (Direitos Humanos e Assistência Social), Athayde Nery (Cultura junto com Turismo e Empreendedorismo), Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), Marcelo Miglioli (Infraestrutura), Maria do Carmo Avesani Lopes (Habitação).

Falta apenas da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar que ficaria com Ademar da Silva, ex-presidente da Famasul, mas não houve entendimento. Nas fundações, o ex-prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra deve ficar com a Fundtur (Fundação de Turismo), assim como o ex-prefeito de Paranhos, Dirceu Albertoni na Fundesporte e Walter Carneiro Junior é o favorito para Sanesul.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions