A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

28/11/2013 10:23

Ciro ataca candidatos do PSDB e do PSB e defende reeleição de Dilma

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos
Ex-ministro participa de evento com donos de postos em Campo Grande (Foto: Cleber Gellio)Ex-ministro participa de evento com donos de postos em Campo Grande (Foto: Cleber Gellio)

Ex-ministro da Fazenda e da Integração Nacional, ex-governador do Ceará e secretário estadual de Saúde cearense, Ciro Gomes, manteve o estilo polêmico ao participar do workshop do Sinpetro (Sindicato dos Revendedores de Combustíveis) em Campo Grande. Militante do PROS, ele criticou os pré-candidatos a presidência da República do PSDB e do PSB, criticou o programa de privatização do Governo federal e defendeu, apesar das incoerências, a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Gomes disse que não quer o retorno do passado, referindo-se ao PSDB que governou o País por oito anos com Fernando Henrique Cardoso. Na sua avaliação, o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) representa o passado.

“Eu não quero a privatização do Banco do Brasil, do BNDES e da Petrobras”, atacou o ex-ministro, retomando a polêmica de 2006, quando o presidenciável tucano Geraldo Alckmin foi obrigado a se defender das insinuações de que adotaria um grande programa de venda de empresas estatais.

“Não quero que o Brasil embarque em projetos pessoais”, afirmou, sem citar o candidato do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e da ex-senadora Marina Silva (PSB). O cearense fez uma crítica mais aos dois. “O que une os dois é o ódio e a inveja da Dilma, o projeto não tem unicidade”, cutucou.

Para Ciro Gomes, o PSB vai lançar Marina Silva, que tem o dobro das intenções de votos de Campos para a presidente da República. O governador pernambucano, na sua opinião, vai disputar o Senado.

Ele avalia que o Brasil avançou na gestão do PT, iniciada em 2003 com Luiz Inácio Lula da Silva. Gomes disse que o salário mínimo vale US$ 300 hoje, contra US$ 76 nos anos 90. Reforçou a importância do Bolsa Família na proteção social das famílias carentes.

Apesar de não citar os protestos de junho, que derrubaram a popularidade de Dilma, Ciro fez uma análise sobre a classe média e os jovens, que estão descontentes com os rumos da política nacional, principalmente, com o aumento das denúncias de corrupção. “A Marina representa a negação coerente de tudo que está ai”, disse.

No entanto, observou que a ex-senadora não tem as respostas esperadas por parcela da sociedade que aposta em seu projeto de Governo. “A Marina não tem resposta para esses problemas. Usa frases feitas”, destacou.

Concessão – Ciro Gomes apóia o programa de concessões de rodovias, aeroportos e portos de Dilma. No entanto, ele criticou a forma de execução, como é o caso de só repassar os trechos rentáveis para a iniciativa privada.

Ciro Gomes citou os 50 aeroportos administrados pela Infraero, que acaba rateando o lucro obtido com os mais rentáveis para investir nos demais. No entanto, como o Governo privatizou seis rentáveis, a empresa vai ter prejuízo e precisará de socorro do Tesouro Nacional para investir em melhorias nos aeroportos que administra.

Para o ex-ministro, o Governo deveria “dar o filé com o osso” e não tirar a melhor parte da carne.

Ciro participa do workshop sobre sustentabilidade no Ondara Buffet, na manhã de hoje, em Campo Grande.




NOSSA ME SENSIBILIZEI COM O POST DO EDUARDO FIGUEIREDO, VOCE TAMBEM PUXA O SACO DO BERNAL NO FACE? O CIRO GOMES É UM PALHAÇO, NEM A ATRIZ DA GLOBO QUE ERA CASADA COM ELE AGUENTOU, ESSE CARA NÃO VALE NADA, ALIAS, O QUE ELE TÁ FAZENDO NA MINHA CIDADE ?
 
maximiliano nahas em 28/11/2013 16:49:11
Nossa é muito simplista a analise do Ex candidato a Presidente, quando fala de que os dois do PSB (Eduardo Campos) e da Rede (Marina Silva) tem projeto pessoal, e serão candidatos por INVEJA da Dilma, viajou na maionese, esses são os poucos que estão discutindo um novo projeto para o Brasil e sem com isso abrir mão das conquistas alcançadas. Eu concordo com o que diz Eduardo, existe um Brasil oficial que desconhece um Brasil real. E se respeitamos mesmo a democracia é preciso discutir com a população e ela decidirá que caminho seguir. A única coisa que concordo com o Ciro é que Marina será a candidata e de fato vai inaugurar um novo ciclo no nosso país.
 
maria antonia ribeiro gonçalves ribeiro Gonçalves em 28/11/2013 16:40:46
Tá bom, o Ciro Gomes falou e alguém, ainda, acredita no que ele diz? Esse fanfarrão é igual biruta está sempre virando para o lado em que o vento está assoprando. Ele está igual a boca de cachimbo " sempre levando fumo e está sempre queimado ". Tenho pena de quem perde o precioso tempo indo ao workshop para ouvi-lo.
 
Luis Acordado em 28/11/2013 15:29:02
Um dos últimos coronéis do sertão, explorador das misérias do Nordeste, puxa saco mor, se contradiz toda hora pois vai onde tem uma boquinha, não tem moral para falar do FHC que realizou obras estruturantes e de quebra iniciou o Bolsa Família.
 
Carlos Alberto de Assis em 28/11/2013 14:44:10
CIRO GOMES TÁ MALUCO. TEMOS DE NOS LIVRAR DO PT O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.
 
Cyro Chan em 28/11/2013 11:49:44
Ciro Gomes é um político de relevo nacional. Inteligente, preparado, sabe quais são os grandes problemas do país e quais as verdadeiras pessoas e grupos capazes de resolve-los!
 
Eduardo Figueiredo em 28/11/2013 10:51:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions