A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

08/04/2014 14:37

Com novo quadro político, Jerson aposta em coligação do PMDB e PT em MS

Leonardo Rocha
Jerson aposta em parceria entre PMDB e PT, após desistência do André (Foto: Arquivo)Jerson aposta em parceria entre PMDB e PT, após desistência do André (Foto: Arquivo)

Após a definição de um novo quadro político, sem a participação do governador André Puccinelli (PMDB) na eleição deste ano, o presidente da Assembleia, o deputado Jerson Domingos (PMDB) voltou a defender a coligação entre PT e PMDB no Estado.

“Não é apenas uma preferência política, tenho andado e conversado com os partidos e prefeitos do Estado, que após o André (Puccinelli) não ser candidato, preferem esta aliança entre PT e PMDB”, ressaltou ele.

Jerson que já declarou que vai apoiar o senador Delcídio do Amaral (PT) para o governo voltou a dizer que o quadro político, em Mato Grosso do Sul, está muito aberto. “Até as convenções, ainda tem alguns meses, mudanças podem acontecer, vejo a janela muito aberta”.

O deputado também ponderou que caso o PMDB confirme, após as convenções, a candidatura de Nelsinho Trad (PMDB) ao governo, irá se licenciar do partido. “Depois desta decisão oficial, então me licencio para apoiar o meu candidato, que todos já sabem há muito tempo”.

Jerson ainda fez questão de dizer que muitos candidatos insistem em disputar eleição, mesmo quando não é o momento adequado. “Existem momentos que não são oportunos, os candidatos precisam avaliar, por exemplo, não disputo eleição projetando algo para o futuro”.

O presidente da Assembleia acredita que com a desistência de Puccinelli, muitos partidos que tinham compromisso com o governador irão “migrar” para campanha do senador Delcídio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions