A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

11/04/2016 19:54

Comissão da Câmara aprova parecer favorável ao impeachment de Dilma

Nyelder Rodrigues

Os deputados federais que compõem a comissão especial do impeachment aprovaram há pouco, em Brasília (DF), o relatório favorável a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef (PT).

A decisão veio diante de um quórum de 65 parlamentares, sendo que 38 deles votaram a favor e 27 contra a continuidade do processo. O parecer pela continuidade foi do relator Jovair Arantes (PTB-GO).

A sessão durou quase 10 horas, com várias manifestações de ambos os lados. Entre discursos acalorados feitos neste período, os deputados também usaram cartazes e gritos de "não vai ter golpe" e "vai ter impeachment", entre outros, para se posicionar.

Os próximos passos para abrir o processo vão desde levar o resultado para ser lido nesta terça-feira (12) no plenário da Câmara Federal, até a publicação na edição do dia seguinte do Diário Oficial da Câmara.

A expectativa, conforme a Agência Brasil, é que já na próxima sexta-feira (15) sejam abertas as discussões sobre o rito. A votação que decide a posição da Câmara pelo impeachment está marcada para acontecer durante o domingo (17).

São necessários que 342 votos - dois terços do total de deputados - sejam favoráveis ao impedimento da presidente para que o parecer seja encaminhado ao Senado, onde o processo passa por nova avaliação em sessão plenária.

O relator, deputado Jovair Arantes, deu parecer favorável à abertura do processo de impeachment pois há indícios de que a presidente Dilma Rousseff (PT) teria cometido crime de responsabilidade, permitindo a realização das "pedaladas fiscais" e editando decretos de crédito extraordinário sem a autorização do Congresso.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions