A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/04/2013 22:34

Comissão da Verdade no MS ouve fundadores do PT sobre repressão na ditadura

Nyelder Rodrigues

Foi feito na tarde desta quarta-feira (3) a primeira oitiva do Comitê Memória, Verdade e Justiça em Mato Grosso do Sul. Dois fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) falaram sobre a perseguição política sofrida no final dos anos 70 e inícios dos anos 80.

A oitiva foi realizada na Assembleia Legislativa, junto a Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos da casa. Os interrogados, Haroldo Borralho e Sérgio Onça, explicaram que os militantes de partidos de esquerda eram perseguidos pelo governo.

“Eram pressões psicológicas, ligações telefônicas anônimas, ameaças para cancelar eventos partidários ou reuniões políticas e até o local de trabalho recebia agentes e pessoas que mandavam recados para que nós desistíssemos dos nossos ideais”, contou Borralho.

Os dois militantes também se lembraram do incêndio que atingiu a sede do partido na época, afirmando que ele foi criminoso, sendo uma forma de impedir a organização de partidos políticos de esquerda. Ameaças psicológicas, como a utilização de carros para seguir militantes na saída de reuniões para descobrir onde essas pessoas moravam, também foram lembradas.

O presidente da Comissão, o deputado estadual Laerte Tetila (PT), explicou que os depoimentos mostraram uma nova história do Estado. “Reunimos informações que revelam parte da história de Mato Grosso do Sul que estava ocultada. Rompemos o silêncio e estas informações serão fundamentais para combater a impunidade, restaurar a dignidade, aperfeiçoar o aparato institucional e promover a reparação destes direitos violados”.

A iniciativa tem como objetivo coletar informações a partir de oitivas com pessoas que sofreram violações entre os anos 1946 e 1988 no Mato Grosso do Sul. Ao final dos trabalhos, um relatório será produzido e encaminhado para a Comissão Nacional da Verdade e órgãos do governo.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions