A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/06/2011 16:21

Conferência regional discute Reforma Política dia 16 em Campo Grande

Fabiano Arruda

Deputados integrantes da Comissão Especial de Reforma Política na Câmara Federal estarão em Campo Grande no dia 16 para debater o tema em conferência regional, que será realizada às 19 horas na Assembleia Legislativa.

As presenças do presidente da Comissão Especial da Reforma Política, deputado Almeida Lima (PMDB-SE), além dos deputados Alceu Moreira (PMDB-RS) e Iris de Araújo (PMDB-GO), estão confirmadas.

A conferência vai debater pontos polêmicos da reforma como financiamento eleitoral e partidário, suplência de senador, filiação partidária, coligações, reeleição e fidelidade partidária.

A articulação do evento partiu do diretório peemedebista de Campo Grande e contou com apoio do deputado Federal Fábio Trad (PMDB).

“Queremos congregar os sul-mato-grossenses em torno deste importante debate”, diz Carla Stephanini, presidente do diretório.

A comissão de deputados deve promover debates também nas cidades de Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Salvador (BA), Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Brasília (DF).

Reforma - Emperrada há décadas, a Reforma Política parece ter começado a ser discutida de forma prioritária pelo Legislativo.

Câmara e Senado formaram comissões para apresentar uma proposta sobre o tema, a começar pelo sistema eleitoral. Entre os deputados, são sete os principais itens discutidos.

A comissão especial criada pelo Senado já aprovou o financiamento público de campanha. Se for aprovado pelo Congresso, os candidatos só poderão receber recursos da União para custear as despesas eleitorais.

Também foi aprovado pelo Senado o modelo de listas fechadas para as eleições proporcionais (deputados e vereadores). Pelo sistema, os eleitores passarão a votar nas legendas e não mais nos candidatos.

Ambos ainda dependem de aprovação no plenário.



A reforma política não é muito diferente de reformar casa velha. Dá mais trabalho que fazer uma nova. Isso quando não se joga apenas uma mão de cal por sobre o sepulcro. Mas sabem como é: reformar e coçar é só começar...
 
Carlos Alberto de Oliveira Braga em 01/06/2011 06:03:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions