A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/06/2008 16:47

Corrupção faz Raul Freixes perder direitos políticos

Redação

O ex-deputado e ex-prefeito de Aquidauana Raul Freixes foi condenado pela Justiça em primeira instância à devolução de R$ 114,9 mil aos cofres públicos e perdeu os direitos políticos por até 9 anos.

Freixes foi denunciado pelo MPE (Ministério Público Estadual) e condenado em duas ações. A primeira por ter simulado o pagamento de R$ 14,9 mil a uma empreiteira e a segunda por ter determinado o saque de R$ 100 mil dos cofres da prefeitura de Aquidauana no dia 20 de dezembro de 2000, nove dias antes do fim do mandato dele na cidade.

De acordo com o promotor, José Maurício Albuquerque, autor da denúncia, em 2000 Freixes contatou a empresa WS Construtora de Obras Ltdas e encomendou estudo para ampliação das pistas das ruas Duque de Caxias e Marechal Deodoro da Fonseca. No pedido de orçamento foi especificado que a empresa deveria apresentar nota fiscal no valor de 50% do serviço.

Ainda segundo a denúncia, a empresa não recebeu qualquer tipo de contato, mas no dia 20 de dezembro de 2000, um cheque no valor de R$ 14,9 mil foi emitido em nome da empreiteira atestando conclusão do serviço. O cheque foi endossado pelo secretário de Fazenda de Aquidauana na época, Carlos Augusto Paim Mendes. A assinatura de ambos consta no cheque e Mendes também foi condenado.

A sentença do juiz José de Andrade Neto determina que Freixes deve devolver o montante com juros de mora de 1% ao mês e correção pelo IGP-M (Índice Geral de Preços

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions