A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/05/2016 08:27

CPI do Genocídio terá hoje depoimentos de procuradores do MPF

Leonardo Rocha
CPI do Genocídio terá novos depoimentos nesta quinta-feira (Foto: Wagner Guimarães/ ALMS)CPI do Genocídio terá novos depoimentos nesta quinta-feira (Foto: Wagner Guimarães/ ALMS)

A CPI do Genocídio irá ouvir nesta quinta-feira (05), a partir das 14h, procuradores do MPF (Ministério Público Federal), que irão poder contribuir com a investigação sobre casos de violência praticados contra indígenas no Estado, do ano 2.000 até 2015. Além deles foi convidado um representante da Missão Kaiowá, para participar do depoimento.

Entre os convidados estará o procurador-chefe do MPF em Mato Grosso do Sul, Emerson Kalif, além dos procuradores Ricardo Pael de Ponta Porã e Marco Antônio de Dourados. Eles acompanharam de perto os casos de conflito no campo, envolvendo indígenas nestas regiões. Os parlamentares avaliam se houve omissão do Estado na elucidação de casos de violência contra este público.

A CPI é formada pelos deputados João Grandão (PT), presidente, Mara Caseiro (PSDB) vice-presidente, Antonieta Amorim (PMDB) relatora. Além dos membros titulares Rinaldo Modesto (PSDB) e Paulo Corrêa (PR). Esta investigação foi iniciada após forte pressão dos grupos indígenas e movimentos sociais, que reclamaram que muitas casos de violência e até homicídios não tiveram conclusão.

Também foi uma resposta à CPI do Cimi, que foi aberta antes para investigar se a entidade estava financiando ou incentivando as invasões de terras em Mato Grosso do Sul. As duas comissões (parlamentares) da Assembleia surgiram depois que os conflitos no campo voltaram a ocorrer no ano passado, já que não houve a demarcação de terras, como prometido pelo Governo Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions