A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/05/2013 18:27

Criada a CPI exigida por Bernal, a oposição elege presidente e relator

Zemil Rocha
Primeira reunião da CPI elegeu Flavio Cesar (ao microfone) como presidente (Foto: Izaias Medeiros)Primeira reunião da CPI elegeu Flavio Cesar (ao microfone) como presidente (Foto: Izaias Medeiros)

A oposição ao prefeito Alcides Bernal (PP) comanda a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara de Campo Grande. Na primeira reunião da CPI, esta tarde, a presidência ficou com Flavio Cesar (PT do B) e para a função de relatora foi eleita Carla Stefanini (PMDB), ambos vereadores que integram a majoritária bancada oposicionista do Legislativo municipal.

Esse resultado já era previsível, visto que apenas dois dos cinco integrantes da CPI participam da bancada fiel ao prefeito Alcides Bernal, os vereadores Marcos Alex Azevedo de Melo, o Alex do PT, e Derly dos Reis de Oliveira, o Cazuza (PP). A maioria dos membros, Flávio César (PT do B), Carla Stephanini (PMDB) e Ademar Vieira Júnior, o Coringa (PSD), é oposicionista e controla a CPI, que foi especialmente exigida pelo prefeito Alcides Bernal (PP).

Na manhã da próxima terça-feira, o presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB), vai dar conhecimento ao plenário da constituição e eleição do presidente e relatora da CPI. No período vespertino, às 15 horas, a diretoria da CPI apresentará o cronograma dos trabalhos, nomes de algumas das pessoas a serem ouvida e as metas.

A reunião da CPI foi realizada a portas fechadas na Câmara. Segundo o presidente da CPI, vereador Flavio Cersar, apesar da reunião ter durado mais de uma hora, só foi tratada a eleição do presidente e relator. “Essa reunião de hoje foi especificamente para definir o presidente e relator”, garantiu ele.

Como objeto, a comissão vai investigar todo o escândalo que envolve o Hospital do Câncer e o Hospital Universitário, a partir de esquemas fraudulentos da chamada “Máfia do Câncer”.

A criação da CPI aconteceu na última terça-feira (7), numa reação direta a uma reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo. No domingo, gravações da operação “Sangue Frio”, realizada em 18 de março, foi divulgada na televisão. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, veio às pressas para a Capital e constitutiu uma “Força Tarefa” para investigar as denúncias.

Indagado se a CPI teria algum tipo de limite, o presidente da CPI, Flavio Cesar, respondeu negativamente. “Não existe limite. As investigações se aprofundarão para que todos os fatos sejam apurados”, declarou ele. Questionado se esse comportamento será mantido mesmo que a denuncias cheguem, por exemplo, ao ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), o vereador afirmou: “Investigação é investigação. Todos os fatos que envolvem essa situação serão investigados. CPI é para isso”.

Flavio Cesar disse que, por enquanto, não está definido nome de nenhum personagem do escândalo que será convocado para depor na CPI. “No próximo encontro vamos estar estruturando tudo isso”, revelou.

 

 



Isso não vai dar em nada !!
 
aldo pereira de oliveira em 11/05/2013 08:55:29
so quero ver ate aonde vai essa CPI, cuja os dirigente são amigos dos reus, so quero ver.
 
jefersoln medeiros em 11/05/2013 06:03:43
já vi tudo! Esta CPI dos vereadores é uma grande farsa, O vereador Flavio Cesar é o mesmo que reprovou os gastos de Bernal e tenta dar impeachment, agora vai tentar novamente com esta CPI. É lamentável nosso vereadores ser refém de seus patrocinadrores eleitoral.
 
wilds ovando em 10/05/2013 23:09:32
Mesmo se tiver um mundo de coisas erradas, que com certeza tem, isto vai dar em nada,
primeiro quem vai vai comandar a CPI, Flavio Cesar e Carla Stefanini, Estes vão defender o Governador e Nelson Trad Filho, Nen sei praque esta CPI, O certo é pedir para a Policia Federal agir, ai sim vai descobrir coisas já mais vistas nesta saude podre deste estado e municipio. com certeza nas gestões anteriores a Bernal.
 
Lenine Ferreira em 10/05/2013 22:51:12
independente quem será o relator, é uma vergonha para nossa cidade, o fato ocorrido e espero que não venha agora nenhum parlamentar dizer que ,ficara contra a cpi ou ficar fazendo jogo politico , esta na hora dos vereadores e o sr prefeito crescerem e começar a trabalhar realmente em favor da cidade, ou vai sobrar pra todo mundo.
 
theodore abu em 10/05/2013 22:04:10
E não ter o que fazer é brincadeira, se o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, POLICIA FEDERAL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, já estão investigando pra que CPI de vereadores incompetentes sim são incompetentes porque não conseguem enxergar os desmandos do prefeito BIPOLAR, agora irão investigar o que, po meu me ajudai o, chega de palhaçada vão investigar o prefeito BIPOLAR que não respeita o cidadão campo grandense, mal administrador incompetente, mal intencionado, chega fora BIPOLAR.
 
carlos gomes em 10/05/2013 21:19:03
O POVO QUER PARTICIPAR, JA QUE A CAMARA É A CASA DO POVO
 
adrielle pereira em 10/05/2013 21:15:24
Sob controle? o tema da materia diz tudo, isso não vai dar em nada!!!
 
antonio jose em 10/05/2013 20:21:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions