A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

25/08/2015 17:07

Decisão pelo retorno de Bernal chega como "bomba" na reunião de secretariado

Paulo Yafusso e Leonardo Rocha
No final da tarde, gabinetes vazios na Prefeitura da Capital, com o anúncio da volta de Bernal (Foto: Fernando Antunes)No final da tarde, gabinetes vazios na Prefeitura da Capital, com o anúncio da volta de Bernal (Foto: Fernando Antunes)

A notícia do retorno de Alcides Bernal (PP) à Prefeitura de Campo Grande pegou o secretariado do prefeito afastado Gilmar Olarte (PP) de surpresa chegou como uma "bomba". Todos estavam participando da reunião convocada pelo procurador jurídico Fábio Leandro para discutir a transição para a gestão de Flávio César (PT do B) e os detalhes do desfile cívico de amanhã, aniversário da Capital, quando a notícia chegou ao Paço Municipal.

Nesse momento a reunião foi cancelada e cada um se dirigiu aos seus órgãos para preparar a retirada. Segundo, integrantes da equipe de Olarte, a decisão em deixar os locais de trabalho foi para evitar problemas e até confrontos, como ocorreu no ano passado, quando a Justiça havia reconduzido Alcides Bernal ao cargo de prefeito e a equipe dele chegou para assumir a Prefeitura.

Na maioria dos órgãos municipais o atendimento ao público foi normal nesta terça-feira. A rotina só foi diferente entre os que ocupam cargo de confiança. Na Semad (Secretaria Municipal de Administração), o procurador jurídico Rosalino Holsbach disse que o secretário Wilson do Prado pediu exoneração, que saiu publicado no Diário Oficial de hoje. Por telefone, Prado afirmou que pediu exoneração na sexta-feira, mas só hoje saiu publicado no Diário Oficial.

Na Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência Tecnologia e do Agronegócio) a informação é de que o titular, Natal Baglioni esteve pela manhã. Uma funcionária disse que ele não retornou à tarde, mas o secretário garante que esteve no prédio. No Paço Municipal, o secretário de Governo, Paulo Matos, também não foi encontrado no final da tarde.

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions