A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/11/2010 12:29

Delcídio descarta assumir ministério no governo Dilma

Redação

Reeleito senador com uma votação recorde em Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral (PT) descartou nesta quarta-feira, em entrevista à FM Cidade, a possibilidade de se tornar ministro de Minas e Energia. Ele reafirmou que o interesse dele é disputar o governo do Estado em 2014.

"Não houve e não haverá nenhum convite para ser ministro de Minas e Energia. Mesmo se houvesse eu não aceitaria. Quero ajudar Dilma no Senado e representar o Estado trabalhando lá", afirmou. "Sou pré-candidato a governador e quero focar no trabalho pelo Estado, andando pelos municípios, fazendo articulações políticas e trazendo recursos para Mato Grosso do Sul", acrescentou.

Para o senador, a votação que obteve o credencia para ser uma das lideranças do PT e fortalece o seu grupo político. "Tive votação recorde para ser senador e tenho que responder a essas pessoas que votaram em mim. Em Mato Grosso do Sul, 2/3 das pessoas que foram às urnas votaram em mim", afirmou. Ele obteve 820 mil votos.

Delcídio também mostrou na entrevista cedida para a rádio FM Cidade que o clima dentro do partido não está nada bom com o ex-governador Zeca do PT.

Zeca havia declarado que o senador não teria participado da campanha de Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno. "Esta é uma discussão de quem ainda não engoliu a derrota", respondeu Delcídio.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions