A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

11/05/2017 10:01

Depois de colocar tornozeleira, Puccinelli sai calado e vai para casa

Quarta fase da Lama Asfáltica foi deflagrada nesta quinta-feira

Mayara Bueno e Aline dos Santos
Ex-governador do Estado, André Puccinelli, ao sair do Patronato Penitenciário. (Foto: André Bittar).Ex-governador do Estado, André Puccinelli, ao sair do Patronato Penitenciário. (Foto: André Bittar).

Andre Puccinelli (PMDB), ex-governador de Mato Grosso do Sul, saiu por volta das 9h40 do Patronato Penitenciário, onde colocou a tornozeleira eletrônica, depois de prestar depoimento pela quarta fase da Operação Lama Asfáltica. Não respondeu às perguntas, entrou no carro e, segundo seu advogado Renê Siufi, está em sua residência.

A defesa reiterou a imposição da Justiça do pagamento de R$ 1 milhão em fiança, mas disse não entender o motivo e que vai ler ainda a decisão. Segundo Renê Siufi, Puccinelli não tem recursos para arcar com a despesa, pois todo seu dinheiro está bloqueado.

André foi alvo de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento e policiais estiveram em seu apartamento antes das 6 horas em cumprimento a mandado expedido.

São investigados fraudes em licitações, superfaturamentos em obras públicas e pagamento de propinas que desviaram valor estimado em R$ 150 milhões.

A quarta fase foi intitulada Máquinas de Lama, pois de acordo com a Polícia Federal, os valores de propina pagos eram justificado com o aluguel de máquinas, geralmente com o único propósito de justificar os pagamentos.

Também ficou confirmado, conforme a polícia, o envolvimento de servidores públicos e a tentativa de lavagem de dinheiro, com a obtenção de benefícios e isenções fiscais.

Abaixo, no vídeo, o momento em que o ex-governador deixa o prédio, após colocar a tornozeleira.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions