ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 28º

Política

Depois de viagem a Goiás, deputado testa positivo para covid

José Carlos Barbosa atribui à vacina, doença ter se manifestado de forma leve, e segue isolado em Dourados

Por Paula Maciulevicius Brasil | 31/07/2021 09:37
Deputado José Carlos Barbosa, o Barbosinha, em seu gabinete durante trabalho parlamentar. (Foto: Reprodução/Instagram)
Deputado José Carlos Barbosa, o Barbosinha, em seu gabinete durante trabalho parlamentar. (Foto: Reprodução/Instagram)

O deputado estadual José Carlos Barbosa (DEM), o Barbosinha, testou positivo para a covid-19. Aos 56 anos, o parlamentar está isolado em casa, no município de Dourados, distante 233 quilômetros da Capital.

Barbosinha pegou a doença em São Simão, cidade natal, no Estado de Goiás, para onde foi visitar os familiares junto de um irmão. Os primeiros sintomas começaram na quarta-feira (28).

"Lá, eu tive um princípio de febre e aqueles sintomas gripais, tomei um chá que me deu um suadouro e amanheci bem, mas já cauteloso, usando máscara e tudo. Aí me organizei para vir embora", conta.

O deputado viajou cerca de 700 quilômetros de Goiás até Mato Grosso do Sul de carro. "Voltei para Dourados, para casa, dirigindo. Foi tudo bem, tranquilo", completa.

Print da publicação do deputado feita nas redes sociais informando da covid. (Foto: Reprodução/Instagram)
Print da publicação do deputado feita nas redes sociais informando da covid. (Foto: Reprodução/Instagram)

Em casa, o parlamentar fez o teste que saiu nessa sexta-feira (30). Apesar do positivo, Barbosinha diz que está com boa saturação, medicado e sem tosse. Na conversa por telefone, ele também não aparenta cansaço, e sim boa disposição. "Fiz tomografia ontem, os pulmões estão limpos", comenta.

Imunizado com a primeira dose de Astrazeneca, o parlamentar acredita que foi graças à vacina que a doença se manifestou de forma bem leve. "A vacina não evita a doença, mas faz com que você não tenha de forma grave", explica.

Aos eleitores, o parlamentar deixa o recado para que todos continuem se cuidando e não baixem a guarda agora. "Tem que seguir usando máscara e sobretudo, vacinando. A vacina é fundamental", ressalta.

Em casa, o parlamentar conta que vinha tomando vitaminas e remédios homeopáticos prescritos pela esposa. "Eu já não sou de tomar remédio, minha esposa é médica homeopata e tem uma fórmula de prevenção, mas eu tomei ivermectina também", diz.

Além dele, o irmão também testou positivo para a covid. Entre os familiares de Goiás, uma sobrinha teve sintomas. "Estamos aguardando o resultado dos exames deles", completa.

A segunda dose da vacina de Barbosinha está prevista para o dia 6 de setembro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário