ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 27º

Política

Deputada diz que falta “vontade política” para resolver conflitos indígenas

Leonardo Rocha | 18/11/2013 08:05
Deputada volta a questionar falta de ação para conter conflitos indígenas (Foto: Divulgação)
Deputada volta a questionar falta de ação para conter conflitos indígenas (Foto: Divulgação)

A deputada estadual Mara Caseiro (PT do B) voltou a questionar a falta de vontade política do governo federal para assumir compromissos e resolver o conflito indígena em Mato Grosso do Sul.

Ela destacou que estas invasões a propriedades rurais trazem um sentimento de impunidade e “baderna” a população.

“Temos que restabelecer a ordem, acabar com esta baderna que está por aqui, falta pulso, atitude e rigidez para conter estas invasões”, destacou.

Caseiro espera que a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada, em Mato Grosso do Sul, tenha surtido efeito e que ele tenha conversado com a presidente Dilma Rousseff (PT) para resolver a questão.

“Estão quebrando o direito de propriedade, hoje parece que é natural invadir propriedade e ficar por isso mesmo”.

A deputada voltou a reclamar que a União só ouve a palavra da Funai (Fundação Nacional do Índio) e outros representantes da sociedade, como os produtores, não estão sendo ouvidos.

“Não se faz justiça cometendo uma grande injustiça, a situação é lamentável e não vemos nenhuma ação para que ela seja contida ou resolvida”.

De acordo com dados da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), há 73 propriedades invadidas em todo o Mato Grosso do Sul. Destas invasões, 15 aconteceram após acordo entre, índios, fazendeiros e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Nos siga no Google Notícias