ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Política

Deputada diz que falta “vontade política” para resolver conflitos indígenas

Por Leonardo Rocha | 18/11/2013 08:05
Deputada volta a questionar falta de ação para conter conflitos indígenas (Foto: Divulgação)
Deputada volta a questionar falta de ação para conter conflitos indígenas (Foto: Divulgação)

A deputada estadual Mara Caseiro (PT do B) voltou a questionar a falta de vontade política do governo federal para assumir compromissos e resolver o conflito indígena em Mato Grosso do Sul.

Ela destacou que estas invasões a propriedades rurais trazem um sentimento de impunidade e “baderna” a população.

“Temos que restabelecer a ordem, acabar com esta baderna que está por aqui, falta pulso, atitude e rigidez para conter estas invasões”, destacou.

Caseiro espera que a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada, em Mato Grosso do Sul, tenha surtido efeito e que ele tenha conversado com a presidente Dilma Rousseff (PT) para resolver a questão.

“Estão quebrando o direito de propriedade, hoje parece que é natural invadir propriedade e ficar por isso mesmo”.

A deputada voltou a reclamar que a União só ouve a palavra da Funai (Fundação Nacional do Índio) e outros representantes da sociedade, como os produtores, não estão sendo ouvidos.

“Não se faz justiça cometendo uma grande injustiça, a situação é lamentável e não vemos nenhuma ação para que ela seja contida ou resolvida”.

De acordo com dados da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), há 73 propriedades invadidas em todo o Mato Grosso do Sul. Destas invasões, 15 aconteceram após acordo entre, índios, fazendeiros e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário