A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/04/2016 11:00

Deputada tem retorno a MS adiado para fazer novos exames em São Paulo

Michel Faustino
Deputada Antonieta Amorim, do PMDB. (Foto: ALMS)Deputada Antonieta Amorim, do PMDB. (Foto: ALMS)

A deputada estadual e ex-primeira-dama de Campo Grande, Antonieta Amorim (PMDB), deve permanecer em São Paulo, pelo menos até a próxima semana. O retorno a Mato Grosso do Sul, previsto para o início desta semana, precisou ser adiado, a pedido do médico, para que a parlamentar pudesse realizar novos exames. A deputada foi diagnosticada com um aneurisma e precisou passar por um procedimento cirúrgico no inicio do mês.

A parlamentar aguardava autorização do seu médico, que estava em viagem, para retornar ao Estado. No entanto, o especialista achou mais prudente que ela ficasse pelo menos mais 10 dias sendo assistida até que saiam os resultados de novos exames. A expectativa é de que até o fim da próxima semana ela seja liberada, conforme informações de pessoas próximas da deputada.

Antonieta decidiu procurar tratamento, no início do mês, em São Paulo, após sentir fortes dores de cabeça provocadas por uma sinusite crônica. Foi requisitado pelo médico que ela fizesse uma ressonância e durante o exame foi diagnosticado um aneurisma atrás do olho. Por sorte, o diagnostico precoce propiciou que a intervenção cirúrgica fosse bem sucedida.

A parlamentar está de licença médica, que é válida por 15 dias, podendo ser renovada pelo mesmo período caso haja necessidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions