A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

11/09/2012 13:56

Deputado cobra revisão do pacto federativo para "salvar" municípios

Fabiano Arruda
Deputado Junior Mochi fala sobre crise financeira nas prefeituras durante sessão de hoje na Assembleia. (Foto: Divulgação)Deputado Junior Mochi fala sobre crise financeira nas prefeituras durante sessão de hoje na Assembleia. (Foto: Divulgação)

A revisão dos percentuais de distribuição de recursos para União, estados e municípios, o pacto federativo, é uma das soluções para “salvar” as finanças das prefeituras em todo País.

É a opinião do deputado Junior Mochi (PMDB), líder do Governo na Assembleia Legislativa, que ocupou a tribuna na sessão desta terça para falar sobre a queda no repasse do FPM (Fundo de Participação nos Municípios) neste ano.

Segundo o peemedebista, é preciso elevar os percentuais, sobretudo, dos municípios que hoje contam com 13% dos recursos, enquanto aproximadamente 62% vão para a União e o restante fica com o Estado.

Para ele, a redução do repasse do FPM deixou as prefeituras em “situação insustentável”. “Ou aporta recurso suplementar ou a maioria dos prefeitos vão chegar ao final do ano sem condições de pagar dívidas e salários dos servidores”, afirmou.

Mochi acredita que a queda do fundo se deve por conta da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) adotado como incentivo fiscal pelo Governo Federal, já que o tributo forma mais de 20% do FPM. “Isso afeta diretamente os municípios”.

O deputado Zé Teixeira (DEM) também fez uso da palavra para falar sobre a situação. “As prefeituras estão à deriva e a situação é preocupante. Tem muito prefeito de pires nas mãos”.

Já Márcio Monteiro (PSDB) chamou atenção que a queda do FPM atrapalha os municípios drasticamente, já que a receita de muitas prefeituras no interior do Estado é composta em mais de 50% pelo fundo.

Sessão - Durante a primeira sessão da semana na Casa de Leis, os deputados aprovaram três projetos de lei, moções e requerimentos nesta terça.

Prefeitos vão a Brasília cobrar do governo compensação para queda da receita
A queda na receita das prefeituras decorrente da redução acentuada do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) nos últimos três meses levou os pref...
Com aumentos populacionais, Nova Alvorada e Sidrolândia terão maior FPM
Os municípios de Nova Alvorada do Sul e Sidrolândia serão os únicos em Mato Grosso do Sul a terem aumento no repasse do FPM (Fundo de Participação do...
Eleições presidenciais já têm cinco candidatos confirmados
No primeiro fim de semana de convenções nacionais, os partidos políticos confirmaram cinco candidatos a presidente da República: Ciro Gomes (PDT), Gu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions