A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/04/2016 09:12

Deputado quer criar delegacia especializada em crimes de preconceito

Leonardo Rocha
Projeto de Marquinhos Trad foi apresentado e agora segue para as comissões (Foto: Assessoria/ALMS)Projeto de Marquinhos Trad foi apresentado e agora segue para as comissões (Foto: Assessoria/ALMS)

O projeto de autoria do deputado Marquinhos Trad (PMDB) prevê a criação da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, que vai tratar especificamente de crimes de preconceito, em Mato Grosso do Sul. Neste âmbito inclui não apenas atos de racismo contra negros, mas em relação a etnias, opção comportamental e religiosa.

De acordo com o autor, esta delegacia deverá registrar, investigar, abrir inquérito e adotar os demais procedimentos policiais necessários nos casos de violência ou discriminação contra as pessoas, com a intenção de assegurar o direito dos cidadãos.

"Estatísticas mostram o avanço do ataque a opiniões diferentes. Essa é uma cartada para garantir o cumprimento da nossa Constituição e assegurar o direito a igualdade, liberdade, a vida e a segurança", disse o deputado. A delegacia terá linha telefonia da modalidade 0800, onde vai receber denúncias e informações sobre discriminação ou qualquer agressão neste sentido.

Segundo o autor, estas delegacias já existem em São Paulo, Piauí e no Rio de Janeiro. As despesas para sua implantação poderão ser previstas por meio de credito suplementar ao orçamento do Estado. O projeto foi apresentado na Assembleia e agora segue para as comissões permanentes, para depois ser avaliado no plenário pelos deputados.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Em SP, RJ e Piauí é outra realidade Exmo. Sr. Deputado, a Polícia Civil não tem efetivo para cumprir essa outra atribuição. Por exemplo é só comparar o registros de crimes raciais com os crimes de trânsito, porque então não se cria uma delegacia especializada em crimes de trânsito ao invés disso? Não seria mais útil para a população?
 
Lemos Igor em 13/04/2016 09:56:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions