A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

22/09/2013 09:09

Deputado quer proibir uso de marcas “pessoais” por prefeitos e governador

Leonardo Rocha
Deputado quer que marcas oficias sejam utilizadas ao invés de marcas pessoais (Foto: Arquivo)Deputado quer que marcas oficias sejam utilizadas ao invés de marcas pessoais (Foto: Arquivo)

O deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) quer proibir que prefeitos e o governador de Mato Grosso do Sul utilize marcas “pessoais” em símbolos oficiais em bens públicos estaduais e municipais em imóveis, publicações oficiais, placas, cartazes e informativo de obras, solicitando que estas ações sejam identificadas apenas pela bandeira ou brasão do Estado ou dos municípios.

De acordo com o deputado, já virou comum um novo prefeito entrar na administração e logo começar a fixar sua marca pessoal em todas as ações e obras da administração. “A Constituição Federal diz que a administração pública deve ter moralidade e impessoalidade, então temos que colocar estes princípios em prática”, destacou ele.

O projeto defende que a publicidade dos atos e programas deve ter um caráter educativo, informativo e orientação social, não contendo nomes, símbolos ou imagens que tragam promoção pessoal as autoridades. “Cansamos de ver marcas que possuem as iniciais dos prefeitos e fica evidente que não há impessoalidade, temos que padronizar para que esta prática não se torne comum”, ressaltou Modesto.

Identidade – Rinaldo destaca que além da promoção pessoal, a mudança constante destas marcas em função da troca do administrador prejudica a “identidade” do Estado e dos municípios, pois sempre as campanhas ficam associadas aos governantes e não ao local onde elas acontecem.

O projeto já foi protocolado na Casa de Leis e agora segue para análise das comissões, depois será enviado ao plenário para ser apreciado pelos deputados. Caso seja aprovada, a proposta irá passar pelo “crivo” do governo estadual e depois retorna ao legislativo.




Tenho batido nesta tecla a muito tempo e parabenizo o deputado pela iniciativa, que deveria virar lei federal para impedir que o capital do Estado seja utilizado para benefício de um grupo político específico como foi feito pelo ex-presidente Lula e por sua sucessora com a marca Brasil. Redigi em 2011 um artigo sobre o tema, comparando esta iniciativa aos brasões de armas das famílias reais: http://www.vicenzoberti.blogspot.com.br/2011/05/brasao-de-armas-do-seculo-xxi-marca.html
 
Vicenzo Berti em 01/10/2013 08:40:51
PARABÉNS PELA INCIATIVA BASTA DE GASTOS COM PROPAGANDA PESSOAL.
 
Levy B Assis em 22/09/2013 14:47:27
Parabéns Deputado Rinaldo por este GRANDE projeto. Todo novo administrador que assume o devido posto no executivo, já executa novas pinturas e novos símbolos . Com certeza um ENORME CUSTO verbas estas, deveriam ser utilizadas
para outros investimentos. Para quê ficar mudando de cores os Órgãos Públicos, trocar símbolos,etc.? Uma hora é azul, outra hora alaranjado, colocam placas enumerando a quantidade de obras, outro entra e dá continuação "achando" que a população pensará que foi durante o mandato dele as devidas quantidades. Chega de gastar em coisas supérfluas! Nós população queremos investimento, obras e Leis que beneficiam o povo.
Políticos tem que ter a consciência que eles são eleitos para nos representar, então, façam valer os seus votos e nossos direitos.
 
Edimara Rita em 22/09/2013 14:02:21
Fiz este questionamento em meu blog, em entrevista com o Vice-Prefeito. Acho isso um absurdo. A quantidade de dinheiro gasta a cada troca de gestor!
 
Rosalice teixeira em 22/09/2013 10:56:43
duvido nao acredito usam o dinheiro do povo para se promover
 
cesar lopes em 22/09/2013 10:13:28
Com certeza será extremamente impossível "vencer" esse "empresários" Temporões das "Coisas" públicas. Todos eles até "este momento" se sentem proprietários dos Governos Estaduais, e Prefeituras: isso ocorre em todo o Brasil, e não tão somente aqui no Mato Grosso do Sul.
 
João Batista Paiva em 22/09/2013 10:11:15
Parabéns pelo projeto,Dep. Rinaldo! Ja passou da hora de se moralizar esse assunto, e cumprir a Constituição Federal, que manda os atos dos administradores públicos serem impessoais! Vide o que acontecia nos últimos 08 anos da administração municipal passada, em que a cada obra realizada(podia ser uma simples reforma de praça) era levantado um monumento em sua alusão.
 
MARCELLO MENDES em 22/09/2013 09:51:48
O Projeto é bom e gerará economia aos cofres públicos, toda vez que troca de prefeito ou governo, lá vai a farra do dinheiro público para pintar novamente veículos e prédios públicos etc...estava na hora de acabar com essa baderna, uma hora é azul outra hora laranjazinha, tem que ser o Brasão e ponto final.
 
José Arantes em 22/09/2013 09:49:54
Pelo menos alguém está pensando em colocar moralidade na coisa. Toda vez que temos mudanças de prefeito ou governador é uma palhaçada. Todas as placas são mudadas e prédios públicos repintados, para que contenham a marca do novo administrador. Ninguém nunca parou pra pensar no gasto que isso gera? Trocar adesivos, repintar placas, viaturas e os prédios geram uma despesa absurda e desnecessária. Deve-se criar logotipos com cores que identifiquem a cidade e o estado, e não com o objetivo de enaltecer o ego desses governantes de estão deixando muito a desejar e só querem se promover.
 
Ivone Arguelho em 22/09/2013 09:27:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions