A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/07/2011 20:05

Deputados federais de MS receberam R$ 1 milhão de verba indenizatória no 1º semestre

Paulo Fernandes

Além do subsídio mensal (salário) de R$ 26.723,13 e de benefícios como o auxílio-moradia, no valor de R$ 3.000 para cada deputado, a bancada federal sul-mato-grossense na Câmara já recebeu R$ 1,049 milhão neste ano da CEAP (Cota para Exercício da Atividade Parlamentar), a antiga verba indenizatória.

 Deputados federais de MS receberam R$ 1 milhão de verba indenizatória no 1º semestre

O chamado “cotão”, de R$ 23.033,13, inclui ressarcimento pelo pagamento de passagens aéreas, fretamento de aeronaves, cota postal e telefônica, combustíveis e lubrificantes, consultorias, divulgação do mandato, aluguel de escritórios políticos, assinatura de publicações e serviços de TV e internet e contratação de serviços de segurança.

Os parlamentares contam ainda com verba de gabinete de R$ 60 mil; podem nomear até 25 servidores de gabinete e têm direito de ressarcimento de despesas médicas.

Entre os deputados federais de Mato Grosso do Sul, os que receberam maior indenização até o momento (pouco mais de seis meses) foram Geraldo Resende (PMDB), com R$ 170 mil; Antônio Carlos Biffi (PT), no valor de R$ 150 mil; e Marçal Filho (PMDB), com R$ 149 mil.

No entanto, vale lembrar que o valor não usado em um mês, pode ser usado no seguinte e que os deputados de primeiro mandato não receberam verba indenizatória em janeiro.

Foram justamente esses congressistas recém-chegados à Câmara que menos tiveram menos gastos neste ano. Fábio Trad (PMDB) foi o menos gastador, recebendo R$ 80 mil de verba indenizatória.

Outros dois parlamentares de primeiro mandato aparecem na sequência entre os que menos receberam: Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 108 mil; e Edson Giroto (PR), com 115 mil.

Historicamente, ano após ano, os deputados federais e senadores costumam gastar praticamente toda a verba indenizatória possível.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Brasil, mostra sua cara quero ver quem paga pra a gente fica assim, Brasil qual o seu negócio o nome do seu sócio? confia em mim...... e ainda querem aumentar o numero de vereadores. e depois de deputados para depois senadores os "funcionários públicos" mais caros do mundo!
 
JORGE ARAGÃO em 19/07/2011 06:29:55
e os trabalhadores só se ferrando todos os dias pagando ônibus, o Brasil é realmente uma piada. É uma vergonha fico muito triste quando vejo essas coisas...
 
cleython vasconcelos em 18/07/2011 10:28:44
Pois é,... além de pagarmos todas as mordomias a eles que nada fazem ao nosso favor, e só contribuem para a bandidagem aumentar, ainda recebem indenização de um dinheiro gasto que nem deles eram?... Isso é uma piada e de muito mal gosto. Quisera se esse dinheiro fosse usado para melhorar a vida de é usuário por exemplo. Bem feito povão "gadão",... votaram agora aguentem de boquinha fechadinha e não reclamem, e da próxima vez... aprendam a votar!
 
Marcelo Max em 18/07/2011 10:13:26
Eita emprego bom esse de Deputado Federal!!! Por isso esses políticos fazem de tudo(inclusive maracutaias) para continuarem "mamando" nessa enorme "teta" da viúva.
 
MARCELLO MENDES em 18/07/2011 09:32:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions