A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

14/08/2018 11:29

Deputados do MDB defendem Mochi como candidato "da militância"

Prazo para partidos e coligações apresentarem o pedido de registro das candidaturas nas eleições termina amanhã

Danielle Valentim e Leonardo Rocha
Deputado Júnior Mochi “uniria” a militância, dizem colegas. (Foto: Divulgação)Deputado Júnior Mochi “uniria” a militância, dizem colegas. (Foto: Divulgação)

Entre os deputados do MDB não há indecisão sobre que nome apoiar à disputa do Governo, em substituição a Simone Tebet, que desistiu da candidatura nesta segunda-feira, uma semana depois de ter sido anunciada no lugar de André Puccinelli, preso desde 20 julho. O nome do deputado estadual Junior Mochi, do mesmo partido, é o favorito, pois ele “uniria” a militância.

Desde que Simone Tebet desistiu da candidatura, o procurador licenciado Sérgio Harfouche (PSC) também foi levantado como principal nome da chapa. O deputado Renato Câmara (MDB) pontua que mudanças em cima da hora são complicadas para o partido, por gerar indefinição antes do início da campanha. “Neste momento, Júnior Mochi seria o nome ideal porque conseguiria liderar e unir a militância do MDB, por conhecer bem o partido”, disse.

A deputada Maria Antonieta Amorim (MDB) ressalta a importância de apoiar alguém do próprio partido ao governo. “É sempre melhor tem um candidato nosso partido, do que um aliado. Respeito Harfouche, que é um excelente nome no Estado e competitivo, mas ainda sim prefiro alguém do MDB”, disse.

A deputada afirma que mudanças são difíceis, mas tendo uma definição o mais rápido possível dá tempo do partido se arrumar para o início de campanha.

Renato Câmara lembra que a definição deve sair hoje a tarde após reunião marcada para às 15h, no diretório estadual do partido.

Cogitado para ser o candidato do MDB na disputa pelo Governo, Mochi afirmou que está avaliando as solicitações das lideranças emedebistas, porém tende "mais para não, do que para sim".

"Estou conversando, mas estou avaliando as condições. Não disse nada para ninguém, não disse que seria, ainda não sou. Apenas afirmei que precisaria saber quais as condições".

Registros – O prazo para partidos e coligações apresentarem o pedido de registro das candidaturas nas eleições de outubro termina na próxima quarta-feira (15). No dia seguinte, quinta-feira (16), começa o período da campanha eleitoral nas ruas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions