A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/05/2012 08:05

Deputados protestam contra monopólio de frigoríficos no Estado

Wendell Reis
Márcio Fernandes e Zé Teixeira estão preocupados com a aquisição de diversos frigoríficos pelo JBS no Estado (Foto:Assembleia/Giuliano Lopes)Márcio Fernandes e Zé Teixeira estão preocupados com a aquisição de diversos frigoríficos pelo JBS no Estado (Foto:Assembleia/Giuliano Lopes)

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira da Assembleia Legislativa está requerendo ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) um posicionamento sobre a aquisição de frigoríficos por parte do grupo JBS, o que no entendimento de alguns deputados, pode ser caracterizado como “monopólio do mercado da pecuária de corte de Mato Grosso do Sul.

O assunto foi levado a tribuna pelo presidente da comissão, deputado estadual Márcio Fernandes (PTdoB). Ele entende que a atual conjuntura ameaça o livre comércio da pecuária de corte no Estado. Como exemplo, citou a oferta de R$ 268 milhões feita pelo JBS para aquisição do frigorífico Independência. O deputado teme uma combinação de preços, que ao ser ver seria drástica para os pecuaristas.

Márcio Fernandes explica que o caso do JBS não é fato isolado e o grupo já mostrou agressividade quando neste ano fez sete aquisições e arrendamentos de frigoríficos menores. Hoje, segundo o deputado, o JBS detém 30% do total de 3,27 cabeças abatidas em Mato Grosso do Sul. Além disso, detém 48% da capacidade de abate. Márcio entende que cabe ao Cade verificar se existe a concentração de poder econômico.

O deputado Zé Teixeira (DEM) entende que o problema é mais grave se levar em conta que as aquisições são subvencionadas com recursos do próprio Governo Federal, por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Ele sugeriu que seja enviado um requerimento ao senador Delcídio Amaral (PT), que preside a CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado. O requerimento teria o intuito de obter informações sobre qual o investimento dado pelo BNDES ao grupo JBS. Zé Teixeira ainda sugeriu a criação de uma cooperativa onde os produtores seriam responsáveis pelo abate do boi e a venda da carne.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions